Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/12575
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CondicaoCorporalVariaçao.pdf54,2 kBAdobe PDFView/Open
Title: Condição corporal, variação de peso e desempenho reprodutivo de vacas de cria em pastagem nativa no Pantanal
Other Titles: Body condition score, weight variation and reproductive performance of beef cows in rangelands from the Pantanal region
Authors: Santos, Sandra Aparecida
Abreu, Urbano Gomes Pinto de
Souza, Geraldo da Silva e
Catto, João Batista
Assunto:: Pastagens
Bovino de corte - alimentação e rações
Dietas - bovino - Pantanal Mato-grossense (MT e MS)
Issue Date: Feb-2009
Publisher: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Citation: SANTOS, Sandra Aparecida. Condição corporal, variação de peso e desempenho reprodutivo de vacas de cria em pastagem nativa no Pantanal. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v.38, n.2, p.354-360, Fev. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbz/v38n2/a19v38n2.pdf>. Acesso em: 25 mar. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982009000200019
Abstract: Objetivou-se avaliar a influência do escore de condição corporal (ECC) sobre a eficiência reprodutiva de vacas de cria nos períodos pré e pós-parto e a probabilidade de parição, usando o escore de condição corporal e a variação ponderal no período crítico do ciclo reprodutivo. Utilizaram-se 248 vacas multíparas mantidas em pastagens nativas distribuídas em quatro estratégias de suplementação: mistura mineral (controle); suplemento farelado; suplemento líquido; suplemento líquido para vacas e bezerros. As avaliações de peso e ECC, na escala de 1 a 9, foram realizadas no período crítico: em agosto (período pré-parto, 60-90 dias antes da parição) e em janeiro (período pós-parto e reprodutivo) durante quatro anos consecutivos. Para a análise dos anos consecutivos de reprodução, criou-se um escore de reprodução, ou seja, somou-se o número de parições de cada vaca durante os quatro anos pecuários avaliados. O escore de condição corporal nos períodos pré e pós-parto e a idade da vaca influenciaram o escore de reprodução. Portanto, para avaliação da probabilidade de parição, foram utilizadas todas as vacas, classificadas em paridas e vazias. Utilizando equações de estimação generalizadas (EEG), foi modelada a probabilidade de as matrizes serem classificadas como paridas considerando variáveis exploratórias ao longo do tempo. Para se obter probabilidade de parição superior a 80%, as vacas devem possuir escore de aproximadamente 5,5 no período pré-parto. Aproximadamente 60% das vacas paridas mantiveram ou ganharam peso no período crítico do ano, o que levou a maior probabilidade de reconcepção, similar ao observado para as vacas vazias, porém com probabilidade menor de parição. O período pré-parto é o melhor para estimar a probabilidade de parição das vacas por meio da avaliação do escore corporal. A seleção de vacas adaptadas às condições bioclimáticas do Pantanal aumenta a probabilidade de produção de um bezerro por vaca por ano. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this study was to evaluate the influence of body condition score (BCS) on reproductive performance of beef cows before and after calving and to evaluate the calving probability using body condition score and weight variation during critical periods of the cow reproductive cycle. From 2001 to 2005, the body condition score was recorded in 248 multiparous cows raised in native pastures, submitted to different supplementation treatments (mineral mixture only - control; dry supplement; liquid supplement and liquid supplement for cow and calves). Weighing and body condition evaluation were made on a 1-9 point scale in August (prepartum period, 60-90 days before parturition) and January (postpartum and reproductive period). A reproduction score was created in function of the body scores in four consecutive years. Except for the treatment, the other factors (body condition score in the prepartum and postpartum periods and cow age) influenced the reproduction score. Thus, the calving probabilities were estimated for all cows. Generalized estimating equations (GEE) were used to evaluate the calving probability in function of the exploratory variables over time. Calving probability higher than 80% was obtained when cows scored 5,5 before calving. In relation to weight, the results showed that about 60% of calving cows maintained or gained weight in the postpartum period, leading to increase in the rebreeding probability. Similar situation occurred with single cows; however, the calving probability was lower. These results indicate that the calving probability using BCS is better estimated before calving. Furthermore, it indicates the presence of cows more adapted to the Pantanal climatic and feeding conditions than others.
Licença:: © 2009 Revista Brasileira de Zootecnia - Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative (Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009000200019. Acesso em: 25 mar. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982009000200019
Appears in Collections:EST - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/12575/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.