Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/1226
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_2007_EduardoRavagni.pdf389,03 kBAdobe PDFView/Open
Title: O que é a sexualidade humana?
Other Titles: What is this human sexuality?
Authors: Ravagni, Eduardo
Orientador(es):: Dornelles, Elioenai Alves
Assunto:: Sexualidade
Desenvolvimento
Afetividade
Identidade corporal
Issue Date: 2007
Citation: RAVAGNI, Eduardo. O que é a sexualidade humana?. 2007. 96 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: O presente estudo analisa os modos pelos quais a sexualidade humana se desvela como objeto de conhecimento do pesquisador, no intuito de poder iluminar a trilha conceitual pela qual ele transita ao longo de 30 anos de atividade terapêutico-docente. Para desenvolver este estudo, buscou-se na psicanálise e no trabalho de alguns autores, que têm problematizado a sexualidade, direta ou indiretamente – por meio da relação existente entre o desenvolvimento humano, a afetividade e a identidade –, a interligação epistemológico-conceitual que permite compreender o fenômeno da sexualidade humana. A psicanálise não forneceu um modelo rígido e fechado de etapas e procedimentos, porém deu sentido ao caminhar. Dessa forma, o objeto de estudo foi paulatinamente compreendido na medida em que foi sendo circundado o espaço da sexualidade por meio de três estudos que epistemologicamente se interligam e complementam. O primeiro trabalho analisa as idéias centrais de algumas teorias sobre a ciência do desenvolvimento humano que, direta ou indiretamente, permitem a compreensão de algumas questões relacionadas com a sexualidade humana. O segundo estudo abre espaço à análise das mensagens que, a partir dos conceitos desenvolvidos por Henri Wallon sobre a emoção e a afetividade e sobre o nível de importância que elas assumem no processo do desenvolvimento do ser humano, permitem ressaltar a sexualidade como elemento constitutivo da corporeidade e da experiência do pesquisador. No terceiro estudo, centrando a atenção no viés corporal, mediante a análise dos componentes que, morfoanatomicamente e emocionalmente, definem a sexualidade no ser humano, são analisadas as questões que, ligadas aos componentes biológicos do desenvolvimento humano, permitem reconhecer as características sexuais que, sob esse viés, determinam ou facultam a masculinidade e a feminilidade. A peculiaridade de poder sentir-se dono do seu corpo brinda ao sujeito a possibilidade da sua identidade sexuada na consideração do próprio corpo como um objeto que ocupa, em sua experiência, um lugar privilegiado, revestido de valores em relação a um Ideal de Ego por ele subjetivado. Assim, por meio da explicitação e análise dessas e de outras mensagens contidas no material bibliográfico pesquisado, nos três estudos anteriormente citados, são sugeridos aproximações e desvelamentos no sentido da sexualidade humana, respondendo ao questionar que delineou o percurso, isto é, O que é a sexualidade humana? Finalmente, o estudo vislumbra possibilidades de novas interrogações no escopo da inter-relação do desenvolvimento humano, afetividade e identidade corporal, na construção do espaço da Sexualidade Humana. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present study analyzes the phenomenon of the sexuality among human beings under the light of speech of the development, the affectivity and the corporal identity, by means of three studies that if they establish connection and they complement between itself. The first one infers, by means of the analysis of content, in the central ideas of some theories on the science of the human development, which, directly or indirectly, allows the revealing of sexuality. The second study opens space to the analysis of content of the messages that, from the concepts developed from Henri Wallon on the emotion and the affectivity and the level of importance that they assume in the process of human development, they allow to stand out the sexuality as constituent element of the corporal identity. In the third study by means of the corporal bias, by means of the analysis of the components that, morphological, anatomical and emotional, define the sexuality in the human being, the referring questions to the masculinities and the feminine are analyzed. It is understood that sexuality and identity are part of one thing, all indivisible one. In it, the corporal experience is presented as articulator bias of the passage and the other as necessary bond in the determination of the sort, that joined to the biological determination, defining the sex among humanity. The peculiarity to feel owner of its body, drinks a toast to subject to the possibility of its sexual identity in the consideration of the proper body as an object that occupies, in its experience, a privileged place, coated of values in relation to an ideal of ego for characterized it. Thus, by means of the analysis of content of the messages contained in the diverse speeches analyzed in the three studies previously cited reveals some approaches and in the direction of the sexuality are suggested human being answering what it would be the sexuality human being. Finally, the study it makes possible new questions in the target of the interrelation of the human development, affectivity and corporal identity, in the construction of the space of sexuality human being.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1226/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.