Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/11443
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_AlmirdePaula.pdf3,62 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estrutura e dinâmica de uma comunidade de anuros no hotspot de biodiversidade do Cerrado
Authors: Paula, Almir de
Orientador(es):: Colli, Guarino Rinaldi
Assunto:: Anuro
Cerrados
Issue Date: 22-Oct-2012
Citation: PAULA, Almir de. Estrutura e dinâmica de uma comunidade de anuros no hotspot de biodiversidade do Cerrado. 2012. viii, 71 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Investigar os processos que organizam comunidades biológicas é um dos objetivos dos estudos ecológicos. Variações espaciais e temporais, e ainda, interações interespecíficas tem determinado os padrões de coocorrência das espécies. Além disso, recentemente tem-se observado a importância dos fatores históricos sobre a estrutura das comunidades. O objetivo deste estudo foi investigar os processos que estruturam uma comunidade de anuros do Cerrado do Brasil central, em três tipos de vegetação na Estação Ecológica de Águas Emendadas. Durante um ano eu registrei semanalmente a distribuição das espécies ao longo de 12 transeções em áreas de campo úmido, cerrado sensu stricto e mata de galeria. Registrei os hábitats e microhábitats ocupados e quantifiquei variáveis estruturais das fisionomias. Obtive também informações climáticas da área de estudo e criei uma hipótese filogenética para explicar a influência dos fatores históricos sobre a comunidade. Eu registrei 708 anuros, compreendendo 19 espécies e 5 famílias. A comunidade de anuros de Águas Emendadas não é estruturada, e apresenta alta sobreposição de nicho espacial e temporal. A cobertura de dossel parece ser a variável mais importante para a ocorrência das espécies. As espécies foram mais associadas a períodos com maior pluviosidade e temperatura mínima, e negativamente relacionadas com insolação. Existe agrupamento filogenético por microhábitats e meses ocupados predominantemente por espécies de Hylidae. A correlação entre distância filogenética e coocorrência foi significativa apenas para microhábitats, indicando maior coocorrência entre espécies aparentadas que o esperado ao acaso, de forma que, o tipo de vegetação parece estar selecionando as espécies no local. Ainda, os resultados indicam que o ambiente está agindo como filtro sobre as espécies, que além de exibirem claramente relação entre o uso do ambiente e as características históricas, não estão aptas a utilizar as mesmas categorias de microhábitats disponíveis. Enfim, a comunidade de anuros responde mais às variações climáticas do que ambientais. Entretanto, a variação climática não provoca estruturação da comunidade, assim como a heterogeneidade do ambiente. A plasticidade das espécies no uso do hábitat e microhábitat facilita a coocorrência diminuindo a competição. O ambiente age como filtro sobre as espécies, que além de exibirem claramente relação entre o uso do ambiente e as características históricas, não estão aptas a utilizar as mesmas categorias de microhábitats disponíveis. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
To investigate processes organizing biological communities is a central goal in ecology. Spatial and temporal variations, plus interspecific interactions determine patterns of species co-occurrence. Moreover, the importance of historical factors determining the structure of communities has been recently observed. This study aim to investigate processes structuring an anuran community in the Cerrado of central Brazil (Estação Ecológica de Águas Emendadas, Brasília-DF). During a whole year I weekly recorded frog species and their local distribution through 12 transects in campo úmido, cerrado sensu stricto and mata de galleria vegetation types. In addition, I registered habitats and microhabitats used, and I quantified structural variables of each physiognomy. Climatic information of the study site was obtained and a phylogenetic hypothesis was built to explain the influence of historical factors on the community structure. Seven hundred and eight anurans were registered, including 19 species and five families. The anuran community in Águas Emendadas is not structured, and has a high niche overlap spatially and temporally. The main factor influencing species occurrence patterns seems to be canopy cover. The studied species were positively related to rainfall and minimum temperature, and negatively related to insolation. Analyzing the phylogenetic structure of the community, I found Hylidae grouped by microhabitat and month. Only microhabitat has a significant correlation between phylogenetic distance and cooccurrence of species. Thus, co-occurrence of related species is higher than expected by chance, and the vegetation type seems to be selecting the species at the site. Therefore, the anuran community responds more to changes in climate than vegetation. However, climate change does not cause community structure, as well as the heterogeneity of the environment. The plasticity of the species in habitat use and microhabitat facilitates co-occurrence decreasing competition. The environment acts as a filter on the species, and also showing clearly that the relationship between the use of the environment and historic features are not able to use the same categories of microhabitats available.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2012.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11443/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.