Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/11204
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_ AndréAlvesdeCastroLopes.pdf789,33 kBAdobe PDFView/Open
Title: Interpretação de indicadores microbiológicos em função da matéria orgânica do solo e dos rendimentos de soja e milho
Other Titles: Interpretation of microbiological attributes as a function of soybean and corn yields and soil organic matter
Authors: Lopes, André Alves de Castro
Orientador(es):: Goedert, Wenceslau J.
Mendes, Iêda de Carvalho
Assunto:: Solos - qualidade
Carbono da biomassa microbiana
Solos - análise
Issue Date: 18-Sep-2012
Citation: LOPES, André Alves de Castro. Interpretação de indicadores microbiológicos em função da matéria orgânica do solo e dos rendimentos de soja e milho. 2012. vii, 96 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: A dificuldade na interpretação dos valores individuais dos biondicadores constitui um dos grandes obstáculos a serem transpostos nas avaliações de qualidade do solo. Com base na utilização dos principios dos ensaios de calibração de nutrientes, neste estudo foi elaborada uma proposta de interpretação de atributos microbiológicos (carbono da biomassa microbiana, respiração basal e atividade das enzimas β-glicosidase, celulase, arisulfatase e fosfatase ácida) para Latossolos Vermelhos de Cerrado de textura argilosa e muito argilosa. A proposta foi baseada nas relções desses atributos com o rendimento relativo acumulado de soja e milho (RRA) e com os teores de matéria orgânica do solo (MOS). Em três experimentos de longa duração conduzidos num Latososolo vermelho de textura argilosa e muito argilosa, foram selecionados 24 tratamentos, com conteúdos variáveis de fósforo extraível e, diferentes rendimentos acumulados de grãos de soja e milho. As amostras foram coletadas na profundidade de 0 a 10 cm, em janeiro de 2011. Foram avaliados os teores de MOS, o carbono da biomassa microbiana, respiração basal e a atividade das enzimas β-glicosidase, celulase, arilsulfatase e fosfatase ácida. Todos os atributos microbiologicos foram correlacionados positivamente com o RRA e com a MOS, o que possibilitou a delimitação de classes de suficiência (baixo, médio e adequado) para cada um, em funcao do RRA e da MOS. As tabelas de interpretacao dos atributos microbiologicos desenvolvidas com base nessas relações, foram avaliadas utilizando dados de literatura para a regiao dos cerrados e região sul do Brasil. Nos casos onde houve dissimilaridade entre as classificações dos atributos microbiológicos com a classificacao da MOS, foi possível verificar a importância não so da padronização das metodologias para determinação dos atributos microbiológicos e da MOS, mas também a influência de fatores relacionados a época, profundidade e modo de coleta das amostras de solo. Mesmo assim, apesar dessas limitações, nas duas bases de dados, as avaliações de atividade enzimática apresentaram correlação significativa com a MOS sendo que a β-glicosidase, enzima ligada a ciclagem de carbono, destacou-se com boas chances de utilização em laboratórios comerciais de análise de solo. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The difficulty in interpreting the values of individual bioindicators is one of the major constraints to be overcome in soil quality assessments. Based on the use of the principles of calibration tests for soil nutrients, this study aimed to elaborate a proposal for interpretation of microbiological attributes (microbial biomass carbon, basal respiration and soil enzymes: β- glucosidase, cellulase, arisulfatase and acid phosphatase) in Rhodic Cerrado clayey and very clayey oxisols. The proposal was based on the relationships of these attributes with the cumulative relative yield of soybean and corn (CRY) and the levels of soil organic matter (SOM). In three long-term experiments conducted in Rhodic Cerrado clayey and very clayey oxisols, 24 treatments were selected, with variable content of extractable phosphorus and different cumulative yields of soybean and corn. Samples were collected to a depth of 0-10 cm in January 2011. The parameters evaluated were: SOM, microbial biomass carbon, basal respiration and soil enzymes β-glucosidase, cellulase, arylsulfatase and acid phosphatase. All microbiological attributes were positively correlated with CRY and SOM, which allowed the definition of reference levels (low, medium and adequate) for each attribute, as a function of CRY and SOM. The interpretation tables for microbial soil attributes developed based on these relationships were evaluated using literature data for the Cerrado and Southern region of Brazil. In cases where there was dissimilarity between the ratings of the microbiological attributes to the classification of SOM, we found not only the importance of standardization of methodologies for determining the microbiological attributes and the SOM, but also the influence of factors related to season, depth and soil sampling. Yet, despite these limitations, in the two databases, enzyme activities showed significant correlations with SOM. β- glucosidase, an enzyme linked to the carbon cycle, stood out with a good chance of commercial use in laboratories of soil analysis.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2012.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11204/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.