Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/11164
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_CristinaViannaMoreiraSantos.pdf1,94 MBAdobe PDFView/Open
Title: Gênero e psicologia clínica : risco e proteção na saúde mental de mulheres
Authors: Santos, Cristina Vianna Moreira dos
Orientador(es):: Diniz, Gláucia Ribeiro Starling
Assunto:: Fatores de risco
Mulheres - saúde mental
Issue Date: 13-Sep-2012
Citation: SANTOS, Cristina Vianna Moreira dos. Gênero e psicologia clínica: risco e proteção na saúde mental de mulheres. 2012. 198 f. Tese (Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura)-Universidade de Brasília, 2012.
Abstract: A presente tese de doutorado discute dimensões da saúde mental de mulheres em uma perspectiva de gênero e feminista. O objetivo geral foi desenvolver uma pesquisa-intervenção na forma de atendimento grupal e investigar fatores de risco e de proteção, na saúde mental de mulheres adultas jovens e maduras, usuárias e funcionárias do serviço público de atenção básica a saúde e a saúde mental na região metropolitana de Goiânia-GO. A partir do desenvolvimento de grupos de conversação voltados para a promoção da saúde mental de mulheres, foram construídos três estudos em contextos de prevenção e tratamento. Apresentada em forma de artigos, esta tese se inicia com um artigo que discute o marco teórico-metodológico do trabalho, seguido de três artigos empíricos que correspondem aos estudos qualitativos e descritivos desenvolvidos no processo de pesquisa-intervenção. Os dados apontaram a presença de fatores de risco graves como depressão, ansiedade, experiências de violência doméstica e sexual, abuso ou dependência de álcool e outras drogas, comportamento e ideação suicida na vida de mulheres. Apontaram também a presença de fatores de proteção como casamento, trabalho, gravidez, rede de apoio familiar e social, e presença de religiosidade. A discussão dos três estudos pretendeu dar visibilidade a experiências no campo da saúde mental de mulheres, e problematizar sua condição clínica e psicossocial a partir de uma ótica de gênero e feminista. Esta tese almejou, portanto, debater dimensões da interação entre gênero-psicologia clínica-saúde mental como um tópico de relevância social e acadêmica. Visou também contribuir para o fortalecimento de serviços e políticas públicas voltadas para a promoção da saúde mental e dos direitos das mulheres. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This doctoral dissertation discusses dimensions of the mental health of women in a gender and feminist perspective. The general objective was to develop a research-intervention project using the format of women’s groups and to investigate risk and protective factors in the mental health of young adult and mature women that were patients and staff of a public primary health and mental health service in the metropolitan area of Goiânia-GO. The development of conversation groups geared towards the promotion of women’s mental health, served as the basis for the three studies that were constructed in a context of prevention and treatment. Presented in the format of articles, this dissertation begins with an article that discusses the theoretical and methodological perspective adopted in the work, followed by three empirical articles that correspond to the descriptive and qualitative studies developed in the process of the research-intervention. The data collected indicated the presence of risk factors such as depression, anxiety, experiences of domestic and sexual violence, abuse or dependence of alcohol and other drugs, suicidal ideation and behavior. It also identified protective factors such as marriage, work, pregnancy, family, religiosity and the presence of a social support network. The discussion of the three studies was constructed to give visibility to experiences in the field of women’s mental health and to discuss their clinical and psychosocial condition from a gender and feminist perspective. This dissertation aimed, therefore, to discuss the interaction between gender-clinical psychology-mental health, perceived here as a topic of social and academic relevance. The intention was to contribute to the strengthening of services and public policies geared towards the promotion of women’s mental health and women's rights.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2012.
Appears in Collections:PCL - Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11164/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.