Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10928
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_JoseAntonioFranca.pdf1,44 MBAdobe PDFView/Open
Title: Eficiência da firma : compatibilização das visões da economia e da contabilidade
Authors: França, José Antonio de
Orientador(es):: Lustosa, Paulo Roberto Barbosa
Assunto:: Empresas - finanças
Balanço (Contabilidade)
Investimentos
Issue Date: 13-Jul-2012
Citation: FRANÇA, José Antonio de. Eficiência da firma: compatibilização das visões da economia e da contabilidade. 2012. 126 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis)—Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis, UnB/UFPB/UFRN, Brasília, 2012.
Abstract: Esta pesquisa aborda o relacionamento da Alavancagem Operacional, com controle das receitas de vendas, no contexto da Contabilidade, com a Eficiência Econômica, no contexto da Economia. Nesses dois contextos a pesquisa tem por objetivo desenvolver analiticamente e testar empiricamente um método que relacione as visões da Economia e da Contabilidade sobre a Eficiência Econômica da firma, sob diferentes níveis de produção, representados por faixas de variação das receitas de vendas, no âmbito do mercado concorrencial ou perfeitamente competitivo, por meio do Grau de Alavancagem Operacional (GAO). A concepção metodológica é positivista e está sustentada em modelos de regressão linear multivariados, elaborados para testar as hipóteses da pesquisa no sentido de obter evidências do ponto de convergência das visões da Economia e da Contabilidade sobre a eficiência econômica e desempenho da firma. Para obtenção das evidências empíricas, o segmento amostral eleito é o das empresas manufatureiras, no período de 1996 a 2008, utilizando-se os dados das demonstrações contábeis, que, de forma geral, incorporam práticas e políticas contábeis ainda não completamente comparáveis, refletidas nos dados das 130 firmas da amostra final. Os dados foram organizados em forma matricial, utilizando painel, sob efeitos aleatórios, conforme indicação do teste de Hausman. Os fundamentos teóricos da pesquisa mostram que há um ponto em que a curva descendente do GAO tangencia a curva ascendente do lucro e, nesse ponto de tangência, ambas as curvas invertem suas tendências monotônicas, sinalizando que, tanto a eficiência econômica quanto o ótimo desempenho da firma são capturados pelo GAO e que esse ponto de tangência corresponde ao equilíbrio entre o Custo Marginal e a Receita Marginal. Os resultados empíricos indicam, em geral, que: (i) firmas com alavancagem operacional em torno de 2 mostram estar em pleno uso da capacidade instalada; (ii) firmas com alavancagem operacional entre 1 e 4, e com variação trimestral positiva da receita líquida de vendas têm o seu desempenho econômico confirmado favoravelmente pelo mercado; (iii) firmas com alavancagem operacional entre 4 e 8, e variações trimestrais positiva ou negativa da receita liquida de vendas, não apresentaram resposta significativa do mercado quanto ao seu desempenho; e (iv) firmas com alavacangem operacional maior que 8, sob qualquer variação trimestral das vendas, também não apresentaram resposta significativa do mercado quanto ao seu desempenho. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research discusses the relationship of Operating Leverage, with sales revenue control in the context of accounting, with Economic Efficiency context. In these two contexts this research aims to develop analytically and empirically test a method that relates the views of the economy and of the Accounting considering the economic efficiency of the firm under different production levels, represented by sales revenue variation within the competitive market, through the degree of Operating Leverage (GAO). The methodological design is positivistic and is based on linear regression multivariate models, generated to test the research hypotheses in order to obtain evidence from the point of convergence of the views of the economy and Accounting on economic efficiency and performance of the firm. To obtain the empirical evidence, the sample segment selected is of the manufacturing companies from the period between 1996 and 2008, using the data of the financial statements which generally incorporate accounting policies and practices not yet fully comparable but reflected on the data from the 130 firms considered in the final sample. The data were organized in matrix form using the panel under random effects, as indicated in the Hausman test. The theoretical foundations of the research show that there is a point at which the downward slope of GAO touches the upward slope of profit and, at that point of tangency, both curves reverse their monotone tendencies, signaling that both economic efficiency and the excellent performance of the firm are captured by GAO. Also, that this point of tangency is the balance between the Marginal Cost and the Marginal Revenue. The empirical results indicate in general that: (i) firms with operating leverage around 2 prove to be in full use of their installed capacity; (ii) firms with operating leverage between 1 and 4, and with positive quarterly variation of net sales revenues have their economic performance positively confirmed by the market; (iii) firms with operating leverage between 4 and 8, and quarterly variations of positive or negative sales revenues did not show significant response from the market about their performance; and (iv) firms with operating leverage greater than 8, under any quarterly variation in sales, did not provide any significant response from the market in relation to their performance as well.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis UnB/UFPB/UFRN, Doutorado em Ciências Contábeis, 2012.
Appears in Collections:CCA - Doutorado em Ciências Contábeis (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10928/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.