Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10875
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_PaulinedePinaBaratSeidler.pdf761,35 kBAdobe PDFView/Open
Title: Exportações brasileiras de carne bovina para o mundo muçulmano do Oriente Médio e Norte da África : perfil das transações comerciais e principais características do campo organizacional
Authors: Seidler, Pauline de Pina Barat
Orientador(es):: Carvalho, José Márcio
Assunto:: Exportação - Brasil
Carne bovina - exportação
Comércio exterior - regulamentação
Issue Date: 5-Jul-2012
Citation: SEIDLER, Pauline de Pina Barat. Exportações brasileiras de carne bovina para o mundo muçulmano do Oriente Médio e Norte da África: perfil das transações comerciais e principais características do campo organizacional. 2012. ix, [131] f. Dissertação (Mestrado em Agronegócios)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: A presente pesquisa tem por objetivo identificar e caracterizar o perfil das transações comerciais estabelecidas no processo de exportação de carne bovina para os principais países muçulmanos importadores da carne brasileira – Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos, Líbia, Líbano e Irã - bem como identificar as principais características do campo organizacional em que atuam estas empresas. Utilizou-se como referencial o Modelo Uppsala de internacionalização de empresas, Gestão da Cadeia de Suprimentos (GCS) e Teoria Institucional. A partir do método Delphi estabeleceu-se questionários e entrevistas como fonte de análise de dados primários, além de fontes secundárias, para uma maior compreensão das organizações e instituições que atuam no ambiente institucional que envolve essas relações comerciais. Os resultados mostram um mercado em expansão para as empresas frigoríficas brasileiras, sem dificuldades para se entrar e manter as transações comerciais com regularidade. A dificuldade maior está relacionada ao fato de que o Islã é não somente uma religião, mas um ‘sistema de vida’, como apresentado na introdução do Alcorão. Isso permite não somente a interferência, mas a influência direta da religião no modo de vida da sociedade, o que não acontece no ocidente totalmente laico do séc. XXI. Uma importante barreira detectada para se alcançar esses mercados foi considerada superada por todas as organizações, que era a adaptação das plantas frigoríficas e dos processos de produção para o abate Halal, a principal exigência demandada por todos os países muçulmanos. Esse tipo de abate demanda local exclusivo para o ritual religioso, assim como funcionários muçulmanos praticantes da religião para sua execução. Observou-se também que, apesar da grande distância cultural existente entre o mundo muçulmano e o Brasil, o ambiente institucional específico para possibilitar o fluxo comercial entre o Brasil e o grupo de países estudados foi criado e permanece em desenvolvimento. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research aims to identify and characterize the profile of commercial transactions set out in the bovine meat export process to the major Muslim countries importers of the Brazilian beef – Saudi Arabia, Egypt, United Arab Emirates, Libya, Lebanon and Iran – as well as identify the main features of the organizational field in which these companies operate. As references were used: the Uppsalla model of internationalization of companies, Supply Chain Management (SCM) and Institutional Theory. From the Delphi method was established questionnaires and interviews as a source of primary data analysis, and secondary sources, to greater understanding of organizations and institutions involved in the institutional environment that surrounds these trade relations. The results show an expanding market for Brazilian slaughter companies without difficulties to enter and maintain the trade with regularity. The greatest difficulty is related to the fact of the Islam be not only a religion, but a “way of life”, as presented in the introduction of the Al’ Quran. This allows not only the interference, but the direct influence of religion in the way of leaving of the society, what does not happen in the modern Occident of the XXI century, completely secular. Detected as other significant barrier to achieve these markets, and already considered as overcome by all organizations, was the adaptation of the slaughter houses plants and production to the Halal slaughter process, the main requirement demanded by all Muslim countries. In despite of the large cultural distance between the Muslim world and Brazil, a specific institutional environment was created to allow the flow of trade between Brazil and the Group of studied countries and still under development.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronegócios, 2012.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronegócios (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10875/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.