Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10407
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_RitadeCassiaAzevedoMartins.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open
Title: Tipagem genética em pacientes com doença celíaca e em seus parentes de primeiro grau e rastreamento sorológico nestes familiares, em Brasília
Authors: Martins, Rita de Cássia Azevedo
Orientador(es):: Pratesi, Riccardo
Assunto:: Doença celíaca - aspectos genéticos
Issue Date: 11-May-2012
Citation: MARTINS, Rita de Cássia Azevedo. Tipagem genética em pacientes com doença celíaca e em seus parentes de primeiro grau e rastreamento sorológico nestes familiares, em Brasília. 2010. 109 f, il. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Introdução: Os genes do HLA-DQ2 (DQA1*0501 e DQB1*0201) são encontrados de 80% a 100% dos casos de doença celíaca (DC). Nos casos DQ2 negativos, pode-se encontrar o HLA-DQ8, que está associado ao haplótipo DR4 (DRB1*04). Objetivos: Determinar a freqüência de DC entre parentes de celíacos e dos genes do HLA-DQ2 e DRB1*04 entre pacientes celíacos e seus parentes. Métodos: Foram realizados testes sorológicos em 207 parentes de primeiro grau de 90 pacientes celíacos para a determinação da presença de anticorpos IgA anti-transglutaminase (IgA-tTG) e IgA anti-endomísio (IgA-EMA). Os parentes com resultados positivos foram submetidos à biópsia intestinal. Tanto nos pacientes celíacos, como em seus parentes, foi determinada a freqüência dos alelos HLA-DQA1*0501, DQB1*0201 e DRB1*04 por meio de reação em cadeia de polimerase (PCR – Polymerase Chain Reaction). Resultados: Quatorze (6,7%) novos casos de DC foram identificados entre os 207 parentes investigados e todos eles apresentaram os alelos predisponentes HLA-DQ2 (DQA1*0501 e DQB1*0201) e/ou DRB1*04/DQ8, seja isoladamente ou em associação. Entre os pacientes celíacos, o HLA-DQ2 estava presente seja isoladamente ou em conjunto com a DRB1*04, em 86,6% dos casos. Os demais casos apresentaram pelo menos um dos alelos pesquisados e apenas um deles não apresentou nenhum dos alelos predisponentes. Já no grupo de parentes de celíacos, pelo menos um dos alelos de risco foi encontrado em 94,6% e o HLA-DQ2 foi encontrado sozinho ou em conjunto com o alelo DRB1*04 em 57,4%. Onze (5,3%) dos parentes de celíacos não apresentaram nenhum dos alelos predisponentes para DC. Conclusão: As freqüências encontradas no estudo da presença dos alelos HLA predisponentes para DC e do rastreamento sorológico são semelhantes às descritas em estudos já realizados entre parentes de celíacos. A determinação dos genes de susceptibilidade à DC entre parentes de celíacos é útil na exclusão de indivíduos a serem acompanhados por meio de testes sorológicos, e nos casos em que há dúvidas em relação ao diagnóstico da doença. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: HLA-DQ2 genes (DQA1*0501 and DQB1*0201) can be found from 80% to 100% cases of celiac disease (CD). In HLA-DQ2 negative patients, it is possible to find the HLA-DQ8, which is associated with haplotype DR4 (DRB1*04). Objectives: To determine the frequency of CD among celiac patients' relatives and, as well, DQ2 genes and HLA-DRB1*04 among celiac patients and relatives. Methods: Serologic tests were performed in 207 first-degree relatives of 90 celiac patients in order to determine the presence of IgA anti-transglutaminase (IgA-tTG) and IgA anti-transglutaminase (IgA-EMA). Relatives with positive results underwent intestinal biopsy. It was determined the frequency of HLA-DQA1*0501, DQB1*0201 and DRB1*04 by polymerase chain reaction (PCR - Polymerase Chain Reaction) both in celiac patients and their relatives. Results: Fourteen (6.7%) new cases of CD were identified among 207 relatives investigated and all of them had predisposing alleles HLA-DQ2 (DQA1*0501 and DQB1*0201) and/or DRB1*04/DQ8, either alone or in combination. Among patients with celiac disease, HLA-DQ2 was present either alone or in combination with DRB1*04 in 86.6% of the studied cases. The remaining patientes had, at least, one of the alleles studied. Only one of them did not present any of the predisposing alleles. Within the group of celiac patients' relatives, at least one risk allele was found in 94.6%, and HLA-DQ2 was found alone or in combination with the allele DRB1*04 in 57.4%. Eleven (5.3%) relatives have not shown any predisposing alleles to DC. Conclusion: Frequencies found are similar to those described in studies already carried out among relatives of celiac patients. The determination of susceptibility genes for CD among relatives of celiac patients is useful for excluding individuals to be accompanied by serological tests, and where exist doubts about the diagnosis.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2010.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10407/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.