Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9979
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_AlexandreAugustoCabralMelloVentura.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorÁvila, Marcos Pereira de-
dc.contributor.authorVentura, Alexandre Augusto Cabral de Mello-
dc.date.accessioned2012-02-16T11:12:38Z-
dc.date.available2012-02-16T11:12:38Z-
dc.date.issued2012-02-16-
dc.date.submitted2011-05-12-
dc.identifier.citationVENTURA, Alexandre Augusto Cabral de Mello. Análise da toxicidade retiniana da injeção intra-vítrea de octreotida em olhos de coelhos não albinos. 2011. xvii, 131 f., il. Tese(Doutorado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/9979-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2011.en
dc.description.abstractINTRODUÇÃO: Doenças oculares relacionadas com neovascularizações são a principal causa de cegueira irreversível atualmente na população adulta mundial. A busca por novas drogas e terapias para o tratamento das doenças oculares e a manutenção da visão continua sendo um desafio. OBJETIVOS: Avaliar a toxicidade sobre a retina neurossensorial (RNS) e epitélio pigmentado da retina (EPR) da injeção intra-vítrea (IV) de Octreotida (Sandostatin®) em olhos de coelhos não albinos; avaliar se o aumento súbito do volume vítreo após a injeção IV de 0,1ml de solução salina balanceada (BSS) no olho do coelho leva a danos histológicos na RNS e EPR; e avaliar as complicações clínicas pós-operatórias após a injeção IV em olhos de coelhos. MÉTODOS: 20 coelhos não albinos (40 olhos) foram distribuídos em 4 grupos. O Grupo Controle (5 coelhos – 10 olhos), o qual não recebeu injeção IV, foi sacrificado no início do estudo. Os trinta olhos dos 15 coelhos restantes foram distribuídos em 3 grupos (1:1:1): Grupo Placebo (injeção IV de 0,1ml de BSS); Grupo 1 (Grupo em que foi injetado 0,1ml da apresentação de 0,1mg/ml de Octreotida intra-vítreo); e Grupo 2 (Grupo em que foi injetado 0,1ml da apresentação de 0,5mg/ml de Octreotida intra-vítreo). Os coelhos foram acompanhados por um período de 90 dias após o procedimento, quando então foram submetidos a eutanásia. Todos os coelhos tiveram seus olhos enucleados e avaliados histologicamente. Foram realizadas avaliações clínicas pré e pós-operatória (inspeção do segmento anterior, tonometria de aplanação e oftalmoscopia binocular indireta) e avaliação histológica da morfologia e da espessura das camadas da RNS e EPR. RESULTADOS: Não foram observadas complicações clínicas pós-operatórias significantes. A morfologia histológica e espessura das camadas da RNS e EPR não apresentou diferença significante entre os grupos controle e placebo, grupo placebo e grupo 1 e grupo placebo e grupo 2. CONCLUSÕES: A injeção IV de 0,1ml de Octreotida nas apresentações de 0,1mg/ml e 0,5mg/ml não leva a alterações histológicas tóxicas na RNS e EPR, nem a complicações clínicas pós-operatórias importantes em olhos de coelhos não albinos. A injeção IV de 0,1ml de BSS não leva a danos histológicos ao RNS e ao EPR em olhos de coelhos não albinos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractBACKGROUND: Eye diseases associated with neovascularizations are the leading cause of irreversible blindness in the adult population worldwide nowadays. The search for new drugs and therapies for the treatment of eye pathologies and vision maintenance remains a challenge. OBJECTIVES: To evaluate the toxicity of the neurosensory retina (NSR) and retinal pigment epithelium (RPE) of Octreotide (Sandostatin®) intra-vitreous (IV) injection in non-albino rabbit eyes; also evaluate whether the sudden increase of vitreous volume after 0.1ml of balanced salt solution (BSS) IV injection into rabbit eyes leads to histological damage for the RPE and NSR and to evaluate the clinical postoperative complications after IV injection in rabbit eyes. METHODS: 20 non-albino rabbits (40 eyes) were divided into four groups. The control group (5 rabbits-10 eyes), which received no IV injection, was sacrificed at baseline. Thirty eyes of the 15 remaining rabbits were distributed into 3 groups (1:1:1): Placebo group (BSS; 0.1ml IV injection), Group 1 (Octreotide 0.1mg/ml; 0.1ml IV injection) and Group 2 (Octreotide 0.5mg/ml; 0.1ml IV injection). The rabbits were followed during a 90 days period after the procedure and sacrificed. All rabbits had their eyes enucleated and histologically examined. Evaluations were made before and after surgery (anterior segment inspection, applanation tonometry and indirect ophthalmoscopy). Histological examination of the NSR and RPE were performed and their morphological features and layer thickness were analyzed. RESULTS: No significant postoperative clinical complications were observed. The histological morphology and thickness of the NSR and EPR showed no significant difference between the control and placebo group, the placebo group and group 1 and between the placebo group and group 2. CONCLUSIONS: Octreotide 0.1mg/ml and 0.5mg/ml; 0.1ml IV injections does not lead to histological toxicity changes in NSR and EPR, nor important postoperative clinical complications in non-albino rabbit eyes. The BSS; 0.1ml IV injection also does not lead to histological damage to the NSR and the RPE in non-albino rabbit eyes.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleAnálise da toxicidade retiniana da injeção intra-vítrea de octreotida em olhos de coelhos não albinosen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordRetina - doençasen
dc.subject.keywordOlhos - doenças - tratamentoen
Appears in Collections:FMD - Doutorado em Ciências Médicas (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9979/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.