Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9929
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_MateusFernandezXavier_parcial.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A coluna Prestes e a política externa brasileira na década de 1920 : as relações Brasil-Argentina
Autor(es): Xavier, Mateus Fernandez
Orientador(es): Lessa, Antônio Carlos
Assunto: Relações internacionais
Movimentos de libertação nacional
Perseguição política
Brasil - política e governo - 1920-1930
Brasil - história - Revolução, 1922
Brasil - história - Tenentismo, 1922-1934
Data de publicação: 6-Fev-2012
Referência: XAVIER, Mateus Fernandez. A coluna Prestes e a política externa brasileira na década de 1920: as relações Brasil-Argentina. 2011. 171 f., il. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: A presente dissertação tem como objetivo apontar influências da Coluna Prestes sobre a política externa brasileira da década de 1920. Por meio da análise do contexto político, social, econômico e internacional do país, foi possível compreender as condicionalidades impostas à atuação externa do Brasil. A apresentação da configuração do Exército Brasileiro e dos movimentos subversivos que tiveram origem no interior dessa instituição também forneceu elementos importantes para o estabelecimento da relação existente entre a Coluna Prestes e as medidas tomadas pelas chancelarias de Félix Pacheco e, em menor medida, de Otávio Mangabeira. Por meio da correlação de dados e informações levantados foi possível perceber como o Ministério das Relações Exteriores foi utilizado como instrumento de repressão a movimentos que contestaram a ordem oligárquica da República Velha. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation attempts to describe some influences that the „Coluna Prestes‟ had on the Brazilian foreign policy during the 1920 decade. Analyzing the political, social, economic and international context of that period, it was possible to understand which limits of action affected Brazilian international movements. The description of the Brazilian Army configuration and the analysis of the insurgent revolutionary movements that were triggered by ideologies of this institution, furnish important information on the impacts of „Coluna Prestes‟ over the chancelleries of Félix Pacheco and, to a lesser extent, of Otávio Mangabeira. Correlating all data obtained, it is possible to perceive how the Ministry of External Relations was used as an instrument of repression against the movements that opposed the oligarchic order of the República Velha.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2011.
Aparece nas coleções:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.