Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9862
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_DanielleCoengaOliveira.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open
Title: "Se fosse normal, Deus teria criado Adão e Ivo!" : a homofobia e a produção e regulação do sexo/gênero
Authors: Coenga-Oliveira, Danielle
Orientador(es):: Almeida, Angela Maria de Oliveira
Assunto:: Homossexualismo
Identidade social
Identidade sexual
Preconceitos e antipatias
Issue Date: 18-Jan-2012
Citation: COENGA-OLIVEIRA, Danielle. "Se fosse normal, Deus teria criado Adão e Ivo!" : a homofobia e a produção e regulação do sexo/gênero. 2011. 140 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: A homofobia pode ser concebida como qualquer forma de violência, preconceito e discriminação contra pessoas LGBT ou/e que transpõem [ou a quem é atribuída a transposição] das barreiras socialmente estabelecidas entre os sexos e gêneros. Com base em Teorias Feministas, em diálogo com Foucault e a Teoria Queer, e na Teoria das Representações Sociais buscamos conhecer os elementos que sustentam a homofobia. Utilizamos como base documental de análise de posicionamentos contrários à união homoafetiva em dois fóruns virtuais de discussão. Os resultados apontam que relações não heterossexuais são submetidas a interdições sociais que variam da privação de direitos básicos até privação da existência social e que as instituições religiosas, científicas, familiares e educacionais sustentam e são sustentadas pela homofobia. Com base nos resultados, propomos que a homofobia seja compreendida como um dispositivo produz e regula as diferenças, estabelecidas como "naturais", entre os sexos, gêneros e as orientações afetivo-sexuais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Homophobia can be understood as any form of violence, prejudice and discrimination against non-heterosexual persons and/or persons that transpose [or whoever is perceived to be transposing] the socially established gender barriers. Based on Feminist Theories, in dialogue with Foucaut and Queer Theory, and the Social Representations Theory, we seek to know the elements that support homophobia. The analysis data used were opinions against homoaffective union that cme from discussions in two Internet forums. The results indicate that non-heterosexual relationships are subjected to social deprivations that vary from deprivations of basic rights to deprivation of a social existence, they also indicate that religious, scientific, educational and family institutions support and are supported by homophobia. According to the results, we propose that homofobia can be understood as a device that produces and maintains the differences, set up as "natural", between the sexes, genders and affectional-sexual orientations.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2011.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9862/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.