Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/980
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PublicacaoCiencia.pdf500,46 kBAdobe PDFView/Open
Title: A publicação da ciência : áreas científicas e seus canais preferenciais
Other Titles: Publishing Science : research areas and channels preferences
Authors: Mueller, Suzana Pinheiro Machado
Assunto:: Ciência - Brasil
Publicações científicas
Canal de publicação
Padrão de publicação
Área de pesquisa
Avaliação de pesquisador
Produção científica
Issue Date: Feb-2005
Citation: MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. A publicação da ciência: áreas científicas e seus canais preferenciais. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, v. 6, n. 1, fev. 2005.
Abstract: Pesquisadores das diferentes áreas de conhecimento costumam dar preferência a canais diferentes para comunicar a seus pares os resultados de suas pesquisas. Essa questão levanta problemas para as agências de fomento e universidades no estabelecimento de padrões para avaliação visando concessão de fomento e promoções, que geralmente privilegiam quantidade de publicações, quase sempre artigos. Na tentativa de argumentar a favor da necessidade de estabelecer padrões específicos para cada área, baseados na prática, este artigo relata levantamento realizado com dados extraídos dos curricula vitae disponíveis na base Lattes, de 226 bolsistas de pós-doutorado do Programa de Estágio Pós-Doutoral no Exterior da Capes, principalmente professores de cursos nacionais de pós-graduação, que estavam em estágio em 1999. Foram levantados oito anos de produção, entre 1995 e 2002 e computadas publicações nas seguintes categorias de documentos: artigos publicados em periódicos estrangeiros e nacionais, trabalhos apresentados em congressos estrangeiros (ou internacionais) e nacionais, livros e capítulos de livros. Os dados foram tratados de modo a mostrar preferências por canais e freqüências anuais de publicação. Os resultados se aproximam do que diz a literatura, que atribui aos pesquisadores das áreas de Ciência Exatas, Biológicas e da Saúde comportamento semelhante, com preferências para canais periódicos internacionais, e aos pesquisadores das áreas de Ciências Sociais e Humanas comportamento também semelhante, onde as preferências são pelos canais nacionais e livros ou capítulos de livros. A literatura também diz que engenheiros e pesquisadores das áreas aplicadas ou tecnológicas, em geral, preferem fazer suas comunicações em congressos, o que também foi confirmado neste estudo. Mas o levantamento, que adotou a divisão dos pesquisadores nas oito grandes áreas do conhecimento estabelecidas pela Capes, mostra especificidades dessas áreas em relação a pesquisadores brasileiros. Dados de freqüência de publicação também foram computados e são brevemente comentados. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Researchers from different subject areas tend to choose different channels to publish the results of their research. This fact raises problems when establishing criteria in which to base judgment for evaluation of research grants applications and for promotions, usually based in publication quantity, preferably articles. This study intends to argue for the necessity to establish criteria that takes into consideration specific traits of each research area, by showing data related to the publication authored by 226 research fellows of a post-doctoral Program in foreign universities, maintained by the Brazilian agency Capes. These researchers, mostly professors at post-graduate programs in Brazil, different areas, were abroad in 1999. The survey covers eight years, from 1995 to 2002, having collected data on the following types of publications: articles published in Brazilian an foreign periodicals, papers presented in Brazilian and foreign (and international) congresses and meetings, books and books chapters. Groups in each area and frequency of publication are treated to show channels preferences. Results confirm studies published on the subject, which says that researchers from the hard sciences, including medical researchers, have similar communications behavior, preferring to publish their work as articles in periodicals, whereas researchers from the social sciences and humanities prefer national channels and books and book chapters. Engineers and researchers in the technical or applied areas are said to communicate their results mostly in congresses and technical meetings. This has also been confirmed. The survey, which adopted Capes's division of science in eight wide areas, shows characteristic features of each group, including frequency in publication.
Appears in Collections:FCI - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/980/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.