Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9623
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_DeniseTakamatsu.pdf8,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Detecção por imunoensaio e caracterização molecular de isolados de Norovírus genogrupo II do Distrito Federal de 2006 a 2008
Autor(es): Takamatsu, Denise
Orientador(es): Nagata, Tatsuya
Assunto: Sistema gastrointestinal - doenças
Patologia molecular
Data de publicação: 29-Nov-2011
Referência: TAKAMATSU, Denise. Detecção por imunoensaio e caracterização molecular de isolados de Norovírus genogrupo II do Distrito Federal de 2006 a 2008. 2011. 45 f., il. Dissertação(Mestrado em Patologia Molecular)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: A doença diarréica aguda, ou gastroenterite aguda, representa um grande problema de saúde pública no mundo, afetando mais de 1 bilhão de crianças e adultos a cada ano. A mortalidade associada a essa síndrome é estimada em 6 milhões de casos por ano. A etiologia das gastroenterites é bastante diversa, incluindo bactérias, parasitas e vírus. Os patógenos virais são os agentes mais comumente associados a essa patologia. Dentre os agentes virais, destacam-se os norovírus, considerados atualmente, os principais agentes causais de epidemias de gastroenterites virais no mundo. O gênero Norovirus é constituído por 5 genogrupos (GI, GII, GIII, GIV e GV), sendo o GII o que apresenta maior prevalência em humanos. Dentro deste genogrupo, destaca-se o genótipo 4 (GII/4), por ser o principal causador de gastroenterites em humanos. Recentes trabalhos indicam novas variantes de GII/4 disseminadas pelo mundo. Este trabalho teve como objetivo estudar a variação gênica de norovírus GII que ocorreu no Distrito Federal no período entre 2006-2008. Inicialmente, os isolados do DF foram detectados por meio de tiras imunocromatógráficas, utilizando um total de 182 amostras diarréicas cujos resultados para a presença de bactérias patogênicas, rotavírus e adenovírus foram negativos. A região N terminal do gene que codifica para a proteína do capsídeo foi amplificada por RT-PCR e seqüenciada. A análise filogenética dos 17 norovírus isolados juntamente com sequências referências mostrou que 16 isolados pertencem ao GII/4 e um ao GII/3. Uma amostra de GII/4 foi selecionada para sequenciamento de aproximadamente metade do genoma a partir da região 3’. A análise filogenética do gene que codifica para o capsídeo, de cerca de 1.5 kb, indicou que a estirpe brasileira pertence ao subtipo “2004” ou variante Hunter. Os dados mostraram a utilidade da tira imunocromatográfica para detecção dos norovírus e genótipo dos 17 isolados no Distrito Federal. Para subtipagem, mais estudos são necessários para elucidar a minuciosa circulação de NoV GII/4 no Brasil em relação com a disseminação global. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Acute diarrhea or acute gastroenteritis is a major problem in public health worldwide, affecting more than 1 billion of children and adults per year. The mortality associated with this syndrome is estimated to be 6 million cases a year. The etiology of gastroenteritis is diverse including bacteria, parasites and virus. Viruses are the most common casual agents for this syndrome. Among viruses, nowadays, norovirus is considered the major causative pathogen of epidemics gastroenteritis in the world. A Norwalk virus (Norovirus), the monotipic species of genus Norovirus consisted of 5 genotypes (GI, GII, GIII, GIV and GV), and GII is the most prevalent genotype in humans. Within genogroup II, genotype 4 (GII/4) is the major causative agent in the world. Recent works showed that new variants of GII/4 disseminate worldwide. This study is aimed to moleculary-characterize the norovirus GII isolated in the Federal District during years from 2006 to 2008. At first, norovirus isolates were identified by immunochromatografic strips using a total of 182 diarrheic samples which were negative for bacteria, Rotavirus and Adenovirus. The capsid gene region of Nterminal capsid protein was amplified by RT-PCR and sequenced. Phylogenetic analysis of 17 norovirus isolates with reference sequences showed that 16 isolates belonged to GII/4 and one to GII/3. One GII/4 isolate was selected to be sequenced almost half of its genome at 3’ region. Phylogenetic analysis of whole capsid gene of 1.5 kb showed that this Brazilian isolate belonged to subtype “2004” or Hunter variant. Our results showed that the usefulness of immunochromatografic stripe for norovirus detection and genotype of 17 noroviruses isolated in the Federal District. For subtyping, futher study will be necessary to elucidate the detailed circulation of norovirus GII/4 in Brazil in relation to the global dissemination.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular, 2011.
Aparece nas coleções:FMD - Mestrado em Patologia Molecular (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.