Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9528
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_AngelodeSiqueiraZerbini.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open
Title: Padrões de diversidade de macrofauna associada a cupinzeiros em pastagens
Authors: Zerbini, Ângelo de Siqueira
Orientador(es):: Motta, Paulo César
Assunto:: Ecologia
Térmita - ecologia
Issue Date: 25-Oct-2011
Citation: ZERBINI, Ângelo de Siqueira. Padrões de diversidade de macrofauna associada a cupinzeiros em pastagens. 2011. 43 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Os ninhos epígeos de cupins são elementos bastante comuns nos campos de Cerrado, onde podem atingir grandes abundâncias. A presença de cupinzeiros de espécies como Cornitermes cumulans, considerada uma espécie chave, pode influenciar na diversidade faunística por fornecer recursos como abrigo e local de forrageamento para uma diversa gama de animais. Foram testadas as hipóteses de que a riqueza e diversidade da fauna associada aos cupinzeiros são influenciadas pelo volume, agregação, e distância de uma área-fonte, aproximando os cupinzeiros ao modelo de Biogeografia de Ilhas. Foram amostrados 120 cupinzeiros em duas áreas de pastagens (EMB e FZN) com manchas de cerrado adjacentes, localizadas no Distrito Federal e proximidades. Os cupinzeiros foram analisados separadamente de acordo com o tipo de construção original, sendo definidos para a EMB: C. cumulans, A. euamignathus e “mortos”, enquanto que para FZN: C. silvestrii e Armitermes sp. 1. Foram obtidas a riqueza de morfoespécies e diversidade de Simpson, e estes valores relacionados às variáveis propostas por regressão múltipla com significâncias testadas por ANOVA. Avaliou-se a rarefação de cada área e foram calculados índices estimadores de espécies. Obteve-se ao todo 20 ordens, e 190 morfoespécies, sendo 152 para EMB e 86 para FZN. A maior riqueza encontrada para EMB foi de Araneae enquanto que para FZN, foi de Hymenoptera. Em relação à fauna não-social, a espécie mais abundante foi, em ambas as áreas, Blattellidae sp. 1, seguida por Scarabaeidae sp. 2, na EMB e Spirostreptida sp. 4 na FZN. A comunidade de fauna associada aos cupinzeiros das áreas diferiu principalmente quanto à proporção de fauna social e não social em sua composição. De forma geral, o volume foi a variável mais influente sobre a riqueza e diversidade. Cupinzeiros de C. cumulans foram os que melhor responderam às variáveis propostas. Desta forma é provável que os cupinzeiros desta espécie possuam um importante papel de ilha de recurso, com sua riqueza e diversidade influenciada conforme o modelo de Biogeografia de Ilhas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Termite above ground nests are commonly found elements in the open fields of the Cerrado, where they can reach high abundances. Therefore, the presence of species as Cornitermes cumulans, considered a keystone species, can influence fauna diversity by offering resources as shelter and feeding place to a wide range of animals. It were tested if species richness and diversity is influenced by nest volume, aggregation, and distance from a source-area, considering as the Island Biogeography model. Termites nests were sampled in two pastures areas (60 in each) close by cerrado’s patches (considered source areas), both located in the Distrito Federal region and named EMB and FZN. The nests were divided according to the construction type defined as, for EMB, C. cumulans, A. euamignathus and “mortos” (dead colonies), and for FZN, C. silvestrii and Armitermes sp. 1. The species richness and Simpson’s diversity index were related to the proposed variables by multiple regression, with significances tested by ANOVA. The rarefaction curve was built for both areas and richness estimators were calculated. Results revealed 20 orders and 190 morphospecies, 152 for EMB and 86 for FZN. Araneae was the richest order on EMB, whereas Hymenoptera was the richest on FZN. Considering non-social fauna, Blattellidae sp. 1 was the most abundant species in both areas, followed by Scarabaeidae sp. 2 in EMB, and Spirostreptida sp. 4 on FZN. The termite nests associated community differs mainly in the proportion of social and non-social species between areas. In all, volume was the main variable that explains richness and diversity. Nests of C. cumulans, followed by C. silvestrii, shown the strongest responses to the proposed variables. Thus, it is proposed that these termite nests may have an important role as resource provider, in which its richness and diversity is lead by size, aggregation and source distance, as stated by the Island Biogeography model.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2011.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9528/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.