Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9510
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_LoyanneDiasRocha.pdf732,22 kBAdobe PDFView/Open
Title: A morte amparada dos irmãos da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto (1780-1800)
Authors: Rocha, Loyanne Dias
Orientador(es):: Marques, Teresa Cristina de Novaes
Assunto:: Morte
Historiografia
Hibridismo cultural
Escravidão
Testamento
Ritos e cerimônias fúnebres
Issue Date: 24-Oct-2011
Citation: ROCHA, Loyanne Dias. A morte amparada dos irmãos da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto (1780-1800). 2011. 126 f. Dissertação (Mestrado em História)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Essa dissertação busca investigar quais foram as atitudes e representações diante do trespasse expressas pelos “homens de cor” da sociedade de Ouro Preto setecentista. A análise dos rituais de morte no século XVIII, na Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, entre o grupo social citado, se dará mediante a leitura paleográfica de testamentos (previamente selecionados) produzidos entre1780 e 1800. Aliada à leitura paleográfica testamentária, adota-se como metodologia a análise quantitativa das referidas fontes para os seguintes aspectos: sexo, condição social, cor do testador, local de sepultamento, santos invocados, acompanhamento fúnebre, mortalha ou hábito escolhido e número de missas. O levantamento de dados quantitativos tem como objetivo ressaltar os padrões comuns de comportamento, análise esta aliada à abordagem qualitativa, por meio da qual pretendemos, nessa pesquisa, revelar os desvios particulares, as atitudes excepcionais. A produção historiográfica sobre a morte na sociedade européia conduziu nosso olhar como pesquisador para o tema citado, entretanto, com o caminhar da investigação, a abordagem que adotamos se distanciou de tais perspectivas, uma vez que a colônia portuguesa na América foi constituída a partir do contato entre brancos, índios e negros. Assim, objetivamos encontrar atitudes e manifestações culturais próprias de uma sociedade híbrida que, como todos os sujeitos históricos, se deparou com o inevitável fim da vida. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation seeks to investigate the attitudes and representations of death made by Ouro Preto's 18th century colored men. The analysis of death rituals in the eighteenth century at “Paróquia de Nossa Senhora do Pilar” among the social group will involve the paleographic reading of previously selected wills produced between 1780 and1800. Allied to the testamentary paleographic reading we adopted the method of quantitative analysis of the following aspects: sex, social status, color of the testator, place of burial, saints invoked, funeral procession, shroud or habit chosen and number of Masses. The quantitative data aims at highlighting common patterns of behavior. This analysis combined with a qualitative approach intend to reveal particular deviations and unsual attitudes. Studies about the europeans society called our attention to the subject of death. However, this research took another turn once we realize we couldn't ignore the different ethinic backgrounds of the portuguese colony, form by white, indian and black men. Thus, we aimed to find cultural attitude sand manifestations of a hybrid society that, like all historical individuals, faced with the inevitable end of life.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, 2011.
Appears in Collections:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9510/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.