Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9405
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_StelaGomesFaiad.pdf887,86 kBAdobe PDFView/Open
Title: Comprometimento organizacional e características de personalidade : um estudo de suas relações
Authors: Faiad, Stela Gomes
Orientador(es):: Pasquali, Luiz
Assunto:: Trabalho - aspectos psicológicos
Personalidade
Comportamento humano
Issue Date: 7-Oct-2011
Citation: FAIAD, Stela Gomes. Comprometimento organizacional e características de personalidade: um estudo de suas relações. 2011. 89 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Os estudos sobre o Comprometimento Organizacional são caracterizados pela busca dos antecedentes, consequentes e elementos correlacionados ao Comprometimento no trabalho. O avanço nas pesquisas tem demonstrado a importância dos estudos que investigam a influência das características pessoais sobre o Comprometimento Organizacional dos funcionários. Inserido nesse contexto, os estudos que relacionam a Personalidade, mais especificamente o modelo dos cinco grandes fatores de Personalidade, com diversas variáveis do contexto organizacional têm se intensificado. Estudos confirmam o poder preditivo dos cinco fatores de Personalidade quando relacionados à satisfação no trabalho, estratégias de coping, desempenho, dentre outros. Seguindo tais considerações, o presente estudo teve como objetivo verificar a relação existente entre o Comprometimento Organizacional e Personalidade. Os dados foram coletados em faculdades particulares, empresas privadas e em um órgão de segurança pública do Distrito Federal, sendo a amostra composta por 558 respondentes. Os instrumentos utilizados foram a Escala de Comprometimento Organizacional nas versões Normativo, Afetivo e Calculativo e um Inventário de Personalidade. Foram realizadas análises de correlação bivariada de Pearson, regressão linear múltipla e correlação canônica. Os resultados confirmaram o poder preditivo dos fatores de Personalidade, bem como suas respectivas facetas, quando comparado às bases Afetiva e Normativa, sendo que o Comprometimento Calculativo mostrou pouca relação tanto com Personalidade quanto com as variáveis Sócio-Demográficas. A base Afetiva foi a que mais se relacionou aos fatores e facetas de Personalidade, principalmente com os fatores Extroversão, Emocionalidade e Conscienciosidade. Os dados sócio-demográficos Tempo no mesmo local de trabalho e Renda mensal se relacionaram mais com as bases do Comprometimento Organizacional. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Studies of organizational commitment are characterized by the pursuit of the background, consequents, and elements correlated to the commitment at work. Advances in research have demonstrated the importance of studies investigating the influence of personal characteristics on the organizational commitment of employees. Inserted in this context, studies that relate personality, specifically the model of the Big Five personality factors, with several variables of the organizational context has intensified. Studies confirm the predictive power of the five personality factors as related to job satisfaction, coping strategies, performance, among others. Considering this, this study aimed to assess the relationship between organizational commitment and personality. Data were collected in private colleges, private companies and one public safety agency of the Distrito Federal, and the sample comprised 558 respondents. The instruments used were a scale versions of the Organizational Commitment Normative, Affective and Calculative, and a Personality Inventory. Analysis performed were Pearson bivariate correlation, multiple linear regression and canonical correlation. The results confirmed the predictive power of personality factors and their facets, compared to affective and normative bases, and the calculative base of commitment shows little relationship to both personality and with the socio-demographic variables. The affective basis was the most related to the factors and facets of personality, especially with the factors Extraversion, Emotionality and Conscientiousness. The socio-demographic data Time in the same workplace and monthly income were related more to the different bases of organizational commitment.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2011.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9405/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.