Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9056
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_MoacyrSallesNeto.pdf12,85 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo do mecanismo de formação de florescências em revestimentos de argamassa aplicados a substrato cerâmico e o efeito de barreira
Authors: Salles Neto, Moacyr
Orientador(es):: Bauer, Elton
Assunto:: Engenharia civil
Cerâmica (Tecnologia)
Issue Date: 14-Jul-2011
Citation: SALLES NETO, Moacyr. Estudo do mecanismo de formação de florescências em revestimentos de argamassa aplicados a substrato cerâmico e o efeito de barreira. 2010. xxii, 237 f. il. Tese (Doutorado em Estruturas e Construção Civil)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Apesar da melhor compreensão das técnicas construtivas e da crescente disponibilidade de novos materiais, é comum a presença de depósitos cristalinos na superfície e no interior de painéis de alvenaria e concreto por evaporação de soluções salinas, normalmente em presença da umidade. Este fenômeno, freqüente e complexo, é conhecido por florescência. A presente tese de doutorado teve como objetivo contribuir para a análise do mecanismo de formação de florescências em revestimentos de argamassa aplicados sobre substratos cerâmicos, e a influência do efeito de barreira na dinâmica do processo. Foram confeccionados corpos-de-prova compostos de substratos cerâmicos revestidos com 3 cm de argamassa em uma das faces. O polímero impermeabilizante, caracterizado por infravermelho, foi a base de resina acrílica, pigmentos inorgânicos, cargas minerais, aguarrás e aditivos. As argamassas foram mistas de cimento Portland e cal hidratada, com três granulometrias de areia de rio lavada, traço em volume 1:1:6 (cimento : cal hidratada : areia). Após a exposição inicial à solução salina, as séries foram expostas à água deionizada ou à solução saturada de Na2SO4, sendo então analisadas ao longo do tempo. Foram desenvolvidos sensores para monitorar as franjas de umidade. As florescências foram acompanhadas pelo perfil de distribuição de sulfatos, através de espectrofotometria; pela quantificação da massa de sal eflorescido, e pela determinação da velocidade de formação por análise das regiões eflorescidas ao longo do tempo. Concluiu-se que o fenômeno tem sua velocidade influenciada pela absortividade e porosidade aberta do revestimento, bem como pela concentração salina deste e do substrato, sendo proposta uma equação para correlação das variáveis. Constatou-se também que a presença da película de barreira retardou, mas não impediu a formação das florescências, acarretando ainda em um aumento da concentração de sais no interior do revestimento, provocando uma maior degradação pela formação de criptoflorescências. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Despite the better undcrstanding of construction tcchniqucs and the increasing availability of new materiais, it is still common the presence of crystalline dcposits on the surfacc and inside masonry and concretc paneis by cvaporation of saline solutions, usually with moisture. This phenomcnon, frcqucnt and complex, is usually known as florescence. This thesis aimed to contributc to the analysis of the mechanism of florescence formation in mortar revetmcnts applied on ceramic substrates, and the influence of the barrier cffect in the dynamics of the process. Samplcs wcre prepared with ceramic substrates coated with 3 cm mortar by onc side. The scalant polymcr, characterized by infrared, was made by acrylic resin, inorganic pigments, mineral fíllers, additives and turpentine. The mortars wcre made with Portland cement and hydratcd lime, with threc sizes of sand volume proportion 1:1:6 (cement: lime: sand). After the initial exposure to saline, the series wcre exposed to deionized water or saruratcd solution of Na:S04, and then analyzed over time. Sensors werc developed to monitor the head of moisture. The florescenccs were monitorcd by the sulfates distribution on samples, through spectrophotomctry; for the quantification of mass of efflorcsccd salt, and by the rate of formation by analysis of effloresced regions over time. It has concluded that the phenomcnon is influcnced by absorption and open porosity of the coating, and by the concentration of salt in mortar and substratc, it has becn proposcd an equation for correlation of variablcs. It was also found that the presence of the barrier fílm has slowed, but it has not prevented the formation of florescences, resulting in a further increase in salt concentration inside the coating, and causing further degradation of the formation of cryptofflorescences.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2010.
Appears in Collections:ENC - Doutorado em Estruturas e Construção Civil (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9056/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.