Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8802
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_BioeticaGenero.pdf87,29 kBAdobe PDFView/Open
Title: Bioética e gênero
Other Titles: Bioethics and Gender
Authors: Diniz, Debora
Assunto:: Bioética feminista
Gênero
Transexualidade
Novas tecnologias reprodutivas
Medicalização
Bioética
Feminismo
Direitos humanos
Saúde
Issue Date: 2008
Citation: DINIZ, Débora. Bioética e gênero. Revista Bioética, Brasília, v. 16, n. 2, p. 207-216, 2008. Disponível em: <http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/article/view/68/71>. Acesso em: 27 jun. 2011.
Abstract: A partir de breve histórico sobre a construção da interface entre os estudos de gênero e a bioética, este artigo explora três temas relevantes às mulheres, que vêm sendo abordados e discutidos nesse novo campo: a objeção de consciência, a pesquisa clínica com mulheres e o envelhecimento. Esses três temas, nos quais a tradicional assimetria das relações entre os sexos é analisada sob a perspectiva de gênero, ganham especial relevância quando se considera o impacto do individualismo e das estruturas do mercado na dimensão simbólica e no comportamento social. Aponta que esses exemplos mostram que a perspectiva de gênero esteve presente desde a gênese da reflexão e análise no campo da bioética, concluindo que o reconhecimento da sensibilidade de gênero para o ensino do raciocínio ético e para as proposições em bioética, é um dos desafios já incorporados pela primeira geração de pesquisadores em bioética no Brasil. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Starting with an overview of the construction of interface between gender studies and bioethics, this paper analyses three issues relevant to women, which have been approached and discussed in this new field: the conscious objection; the clinical research with women and the aging. All the issues, in which asymmetry is analyzed under the gender perspective, gain special relevance, especially when the individualism and market structures’ impact on social behavior and symbolic dimension are considered. These examples show that gender perspectives have been active since the analysis and reflexion’s emergence in the bioethics’ field. The paper concludes that the recognition of gender sensibility for the teaching of ethical thinking and for the bioethical propositions is one of the challenges already incorporated by the first generation of researchers on bioethics in Brazil.
Licença:: Os artigos publicados serão propriedade da Revista Bioética que deve ser citada em caso de reprodução total ou parcial em qualquer meio de divulgação, impresso ou eletrônico. Fonte: http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/about/editorialPolicies#custom0. Acesso em: 04 out 2011.
Appears in Collections:SER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8802/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.