Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8642
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_PauloHenriqueCanhotoAlves.pdf542,8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A convergência de agendas candidatos-mídia: o caso do primeiro turno das eleições presidenciais de 2006
Autor(es): Alvez, Paulo Henrique Canhoto
Orientador(es): Turgeon, Mathieu
Assunto: Campanha eleitoral
Mídia
Política
Data de publicação: 27-Jun-2011
Referência: ALVEZ, Paulo Henrique Canhoto. A convergência de agendas candidatos-mídia: o caso do primeiro turno das eleições presidenciais de 2006. 2011. 50 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: Os veículos de comunicação conseguem acompanhar os temas que os candidatos a presidente colocam em suas agendas durante uma disputa eleitoral de interesse nacional? A partir da análise das eleições presidenciais de 2006 no Brasil, foram estudados diversos aspectos que podem afetar os níveis de convergência entre as agendas candidatos-mídia. A fundamentação teórica desta pesquisa está no conceito de convergência de agendas, em que determinados assuntos, ordenados em certas categorias, constituem as agendas de mídia e dos candidatos. Alguns fatores contribuem para a convergência ou divergência destas agendas, e a competitividade é um deles. Dessa forma, no momento em que a competição está acirrada, o nível de convergência cresce ou, ao contrário, se a corrida não está disputada, as agendas tendem a divergir. Também foram mensurados os impactos do “escândalo do dossiê” nas agendas dos candidatos e nos níveis de convergência entre as agendas deles e a do jornal Folha de S. Paulo. A análise de conteúdo das agendas dos dois principais candidatos ao pleito e do jornal de maior circulação no país contribuiu para: i) sistematizá-las em sete assuntos-chave, revelando a dinâmica da disputa e proporcionando comparar cada agenda por dedicação a um assunto específico; e ii) unir os temas englobados para cada agenda, calculando seus níveis de convergência candidato-mídia. Esta convergência é a variável dependente da pesquisa, colocada num modelo de regressão que permite avaliar os diversos impactos sofridos pelos níveis de convergência durante o período de campanha. Impactos causados pela competitividade, pelo escândalo, pela proximidade do pleito e pelo fator reeleição puderam ser medidos e comparados. Estes métodos diversificam a forma de observar e analisar os períodos de campanha, o que contribui para aprofundar o conhecimento acerca das relações entre política e mídia em momentos de campanhas eleitorais e abre uma possibilidade de aprimorar nosso processo democrático, tendo em vista a sua complexidade. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The media can follow issues that the presidential candidates put on their agenda during an election contest in the national interest? From analysis of the 2006 presidential elections in Brazil, we studied several factors that may affect the levels of convergence between the candidate-media agenda. The theoretical basis of this research is the concept of convergence of agendas, in which certain subjects are sorted into categories of media and candidates agendas. Some factors contribute to the convergence or divergence of these agendas, and competitiveness is one of them, so that when the competition is fierce the level of convergence grows or otherwise, if the race is not disputed, schedules tend to diverge. Were also measured the impacts of the dossier scandal in candidate´s schedules and levels of convergence between their agendas with the newspaper Folha de S. Paulo. A contend analysis of the agendas of the two major candidates and the election of the largest circulation newspaper has helped to: i) systematize them into seven key issues, revealing the dynamics of the race and providing for each calendar compare dedication to one specific subject and; ii) then joining the issues pertaining to each agenda and thus calculate their levels of candidate-media convergence. This convergence is the dependent variable of the research, put into a regression model for estimating the impacts in different levels of convergence during the campaign. Impacts caused by the competitiveness, the scandal, the proximity of the election and the reelection factor could be measured and compared. These methods are diversifying how to observe and analyze the campaign periods, which contributes to increase knowledge about the relations occurring between politics and media in times of election campaigns and opens a possibility to improve our democratic process, in view of its complexity.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação, 2011.
Aparece nas coleções:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.