Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8431
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_DalmaMariaCaixeta.pdf1,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Atitudes e comportamentos ambientais : um estudo comparativo entre servidores de instituições públicas federais
Autor(es): Caixeta, Dalma Maria
Orientador(es): Günther, Hartmut
Assunto: Psicologia ambiental
Psicologia social
Servidores públicos
Data de publicação: 17-Jun-2011
Referência: CAIXETA, Dalma Maria. Atitudes e comportamentos ambientais: um estudo comparativo entre servidores de instituições públicas federais. 2010. 69 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: No Brasil, a preservação do meio ambiente é regulamentada por leis e são muitos os órgãos públicos responsáveis pela política ambiental. O objetivo dessa pesquisa foi realizar um estudo comparativo de atitudes e comportamentos ambientais de servidores públicos federais entre uma instituição ambiental (IA) e outra não-ambiental (INA). Os pressupostos teóricos da pesquisa fundamentaram-se em conceitos da psicologia ambiental e social. Um questionário on line foi enviado para o e-mail institucional dos servidores. Considerou-se válidas as respostas de 760 participantes, sendo 28% da IA e 72% da INA. A Escala de Atitudes Ambientais resultou no índice "crenças ecocêntricas" (CE; ? = 0,55). A Escala de Comportamento Ambiental no Local de Trabalho resultou no índice "comportamento ambiental no trabalho" (CAT; ? = 0,76). A Escala de Comportamento Ambiental Fora do Local de Trabalho resultou em três índices: "descarte adequado de lixo" (? = 0,70); "reciclagem" (? = 0,76) e "economia de água e energia" (? = 0,69). Os resultados indicaram menor índice de CE de servidores na IA do que na INA. Não se verificou diferença estatisticamente significativa no índice CAT de servidores entre as instituições, provavelmente devido aos programas de gestão ambiental. Houve correlação positiva, porém fraca, entre CE e CAT e entre CE e comportamento de descarte lixo. As variáveis situacionais (instituições e setores) influenciaram diferentemente atitudes e comportamentos ambientais dos servidores. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
In Brazil, the preservation of the environment is regulated by laws. The environmental policies are executed by many different public institutions. The main objective of this research is to make a comparative study of federal level public institutions staff analyzing environmental attitudes and behaviors between staff from environmental institutions (EI) and nonenvironmental institutions (NEI). The theoretical assumptions of the research were based on concepts from the Environmental and Social Psychology'. An on-line questionnaire was sent to internal e-mail network. It was considered as valid the answers of 760 participants, being 28% from EI and 72% from NEI. The Environmental Attitude Scale resulted in the indicator named "ecocentric beliefs" (EB; a = 0,55). The Environmental Behavior Scale in the Workplace resulted in the indicator "environmental behavior in the workplace" (EBW, a = 0,76). The Environmental Behavior Scale out of the Workplace resulted in three different indicators: "accurate waste disposal" (a = 0,70); "recycling" (a = 0,76) and "water and energy savings" (a = 0,69), The results of the present research reveal that EB value for EI staff is smaller than the ones for NEI staff. It was not identified significant statistic difference between the institutions, concerning the EBW", probably due to the existence of environmental management programs. A positive correlation was detected, although weak, between EB and EBW', and also between EB and accurate waste disposal's behavior. The variables of situation notably institutions and sectors reduce differently environmental attitudes and behaviors of the staff.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010.
Aparece nas coleções:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.