Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8273
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_RenataRomeroFerraz.pdf535,46 kBAdobe PDFView/Open
Title: A autocrítica dialógica dos quintanares em prosa
Authors: Ferraz, Renata Romero
Orientador(es):: Santos, Rita de Cassi Pereira dos
Assunto:: Literatura brasileira - crítica, interpretação, etc
Poesia brasileira - crítica, interpretação, etc
Issue Date: 6-Jun-2011
Citation: FERRAZ, Renata Romero. A autocrítica dialógica dos quintanares em prosa. 2006. 122 f. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: Este trabalho consiste na leitura dos poemas em prosa de Mário Quintana, que constituem, dentro do panorama da literatura brasileira do século XX, a modalidade do gênero lírico que ganhou certo destaque na prática poética do autor e que estão publicados, em parte de sua obra, nos livros Sapato florido (1947), Caderno H (1973), A vaca e o hipogrifo (1977), Da preguiça como método de trabalho (1987) e Porta giratória (1988). Levando em conta este aspecto, dentre outros, a originalidade de alguns motivos, o trabalho tem como objetivo, tomando como ponto de partida um dos precedentes dominantes nos poemas, a metalinguagem, analisar os elementos que integram o fazer poético e a atualização dele, que vão nos permitir verificar como o poeta transpõe para o corpus sua visão, por um lado, do que é poesia, do que é poema e do papel do poeta e, por outro, a concepção peculiar que tem do leitor ideal, imaginado por ele, do leitor real e do crítico literário, marcados por um olhar profundamente crítico e irônico. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present work consists of a reading of Mario Quintana’s prose poetries, which constitutes, with accordance to Brazilian literature’s view in the XX century, the model of lyric gender that was focused in the poetic practice of the author, published in the books Sapato florido (1947), Caderno H (1973), A vaca e o hipogrifo (1977), Da preguiça como método de trabalho (1987) e Porta giratória (1988). Considering the originality of some motifs, this work aims to analyze the elements that join the poetic practice and its actualization, starting by the metalinguistics resources, which allows us to find out how the poet transfers his view, to the corpus, of what is poetry, what is poem and the poet’s role, and, on the other hand, his peculiar conception of the ideal reader, the ordinary reader and the literary critic, impressed by an extremely critical and ironic view.
Description: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2006.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8273/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.