Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8224
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_IveteTeresinhaGraebner.pdf2,85 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Níveis plasmáticos de vitamina A, ações pedagógicas e segurança alimentar : estudo em escolares rurais do Distrito Federal
Autor(es): Graebner, Ivete Teresinha
Orientador(es): Souza, Elizabeth Maria Talá de
Saito, Carlos Hiroo
Assunto: Deficiência de vitamina A - crianças
Desnutrição infantil
Data de publicação: 5-Jun-2011
Referência: GRAEBNER, Ivete Teresinha. Níveis plasmáticos de vitamina A, ações pedagógicas e segurança alimentar: estudo em escolares rurais do Distrito Federal. 2007. 192 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: Trata-se de estudo de caráter multidisciplinar, envolvendo as áreas de Saúde (análises bioquímicas do estado nutricional), Educação (investigação-ação e planejamento pedagógico) e Social (ações políticas de participação e cidadania do atual governo Federal para o combate à fome e à miséria). As prevalências de anemia ferropriva, de desnutrição e de inadequação do nível plasmático de vitamina A foram determinadas em escolares entre 5 a 18 anos, de ambos os sexos, de uma escola rural em Planaltina-DF. Dentre os escolares avaliados, 33,5% apresentavam níveis inadequados de vitamina A no plasma (35,4% crianças entre 5–9 anos e 31,6% adolescentes entre 10–18 anos), o que caracteriza a ocorrência de um problema de saúde pública, segundo os critérios da Organização Mundial de Saúde. Não foi encontrada correlação entre a presença de deficiência de vitamina A com a anemia ou com a desnutrição. A deficiência de vitamina A foi homogênea entre as idades e entre os gêneros. Embora as condições socioeconômicas da comunidade tenham sido desfavoráveis (sob o ponto de vista de renda, escolaridade e saneamento), não foi encontrada correlação significativa entre estas condições e a incidência de inadequação de vitamina A. A partir das características nutricionais e socioeconômicas da comunidade escolar, foi proposto o desenvolvimento de um planejamento pedagógico coletivo de forma dialógico-problematizadora, utilizando-se, como tema gerador, a palavra “FOME”. Para apoiar este planejamento foi desenvolvida uma ferramenta gráfica que possibilitou a visualização de a) conexões entre as diversas áreas escolares; b) interações entre competências e habilidades, temas geradores, conceitos científicos e atividades educacionais; c) interdependências entre as diversas disciplinas. Essa ferramenta possibilitou aos professores da escola uma melhor compreensão de suas práticas docentes, a auto-avaliação, novas potencialidades e transformação da prática pedagógica, levando à realização de atividades didáticas (extraclasse e curriculares) que melhoraram o entendimento da problemática da Segurança Alimentar e Nutricional daquela comunidade. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study has a multidisciplinary nature, integrating three research areas: Health Sciences (biochemistry analysis of nutritional state), Education (action-research and educational planning) and Social Sciences (public policies related to social participation and citizenship). The prevalence of anemia, malnutrition and low plasmatic level vitamin A were stablished in 5 to 18 years old students of both sexes of a rural school in Planaltina- DF. It was found that 33,5 % of the students had low plasmatic level of vitamin A (35,4 % of children and 31,6 % of teenagers) which can be characterized as a public health problem according to the World Health Organization. It was not found any significant correlation between vitamin A deficiency and anemia or malnutrition. The vitamin A deficiency has no differences due to sex or age. Although the community was recognized as a poor one (considering income, scholarship and sanitation) there was no significant correlation between those social variables and vitamin A level. It was proposed a collective educational planning at school, in such a way that teachers could face the nutritional and socioeconomical features of the school community. A dialogical problem-solving procedure wa adopted, having “The hunger” as the central idea or generative theme. It was also developed a graphic tool to support the collective educational planning. The graphic tool made it possible to promote dialogical-reflexive interactions among school teachers around the identification of competencies and skills in elementary education curriculum and generating apprenticeship themes, scientific concepts, and educational activities. It also constitutes a useful tool for the teaching staff to realize the interdependences among the many school subjects, to understand their practices thus leading to self-evaluation with greater awareness of potential for transformation.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.
Aparece nas coleções:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.