RIUnB >
IH - Instituto de Ciências Humanas >
GEA - Departamento de Geografia >
GEA - Programa de Pós-graduação  >
GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/8066

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2010_ErickaSalesFerreira.pdf2,42 MBAdobe PDFView/Open

Title: A agricultura familiar no município de Solânea (PB) : o capital social no contexto do desenvolvimento territorial
Authors: Ferreira, Éricka Sales
Advisor: Pessôa, Vera Lúcia Salazar
Keywords: Agricultura familiar - Paraíba
Desenvolvimento rural - Paraíba
Issue Date: 27-May-2011
Submit Date: 26-Feb-2010
Citation: FERREIRA, Éricka Sales. A agricultura familiar no município de Solânea (PB): o capital social no contexto do desenvolvimento territorial. 2010. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Ao falar em desigualdades e dificuldades do meio rural, o Nordeste brasileiro tem sido uma das regiões que reflete esta realidade. Não só pela presença dos fatores físicos (provavelmente o de menor peso na balança), mas, principalmente, por fatores sociais e históricos, como a concentração de terras, a produção baseada na monocultura, a grande desigualdade no meio rural, a falta de políticas públicas voltadas para as suas necessidades e interesses e, como conseqüência, a fuga de grande parte da população rural para os centros urbanos. Uma forma de amenizar essas desigualdades é incentivar a agricultura familiar. Frente ao desengajamento e às carências do Estado, os coletivos ou as organizações de agricultores passam a assumir novos papéis. Um exemplo de busca de superação das dificuldades encontradas no espaço rural por meio de coletivos de agricultores é o município de Solânea (PB), localizado no agreste paraibano, em uma área de transição entre duas unidades morfoclimáticas, o Brejo e o Curimataú, sendo uma úmida e outra semi-árida. O município vem desenvolvendo projetos de convivência com a seca e fortalecimento da agricultura familiar com apoio de órgãos governamentais e não governamentais. Tais iniciativas foram desenvolvidas após a década de 1980 quando as lavouras de algodão (principal produto da época) foram praticamente dizimadas pela praga do bicudo, fazendo com que houvesse a fragmentação das grandes fazendas em parcelas menores. Para desenvolver esta discussão, as abordagens teóricas sobre o capital social, vinculado ao desenvolvimento territorial servirão de referencial. Assim, compreender o capital social como potencializador da agricultura familiar, articulando-se ao desenvolvimento territorial, tendo como espaço de análise o município de Solânea (PB) constitui o objetivo geral da pesquisa. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
When speaking of the inequalities and problems of rural areas, the Northeast of Brazil has been one of the regions that reflects this reality. Not only the presence of physical factors (probably the least weight on the scale), but mainly by social and historical factors, such as concentration of land, production based on monoculture, the great inequality in rural areas, lack of political public policies for their needs and interests and, consequently, the flight of much of the rural population to urban centers. One way to mitigate these inequalities is to encourage familiar agriculture. Faced with the disengagement and the needs of the state, collectives or organizations of farmers are taking on new roles. A sample search for overcoming the difficulties encountered in rural areas by groups of farmers is the city of Solana (PB), located in the Caatinga in a transition area between two units morphoclimatic, the Heath and Curimataú, a wet and a semi-arid. The city has been developing projects coping with drought and strengthening of familiar agriculture with the support of government agencies and nongovernmental organizations. These initiatives were developed after the 1980s when the cotton fields (the main product of the time) were virtually decimated by the bicudo plague, were causing the fragmentation of large ranches into smaller portions. To develop this discussion, the theoretical boardings on the capital, linked to regional development will serve as a reference. Thus, understanding social capital as an enhancer of familiar agriculture and is linked to territorial development, with the space analysis of the city of Solânea (PB) is the aim of the research.
Additional Information: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2010.
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.