Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7998
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_CristianeLeitePereira.pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open
Title: Telejornalismo e educação ambiental : formação do sujeito consumidor
Authors: Pereira, Cristiane Leite
Orientador(es):: Sá, Laís Maria Borges de Mourão
Assunto:: Educação ambiental
Telejornalismo
Mudança social
Issue Date: 24-May-2011
Citation: PEREIRA, Cristiane Leite. Telejornalismo e educação ambiental: formação do sujeito consumidor. 2010. 347 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)-Universidade de Brasília, 2010.
Abstract: presente trabalho analisa as vertentes de Educação Ambiental difundidas por três telejornais especializados na cobertura de temáticas ambientais: Cidades e Soluções, Repórter Eco e Globo Ecologia. Para o estudo, optou-se, como primeiro passo, por entrevistar os jornalistas responsáveis pelos programas acerca da concepção de natureza, desenvolvimento sustentável e educação ambiental e da relação entre os grupos sociais e deles com o meio ambiente. Tais entrevistas, após transcritas, foram seguidas da análise exploratória das edições exibidas em abril e maio de 2009, e da transcrição de 15 edições selecionadas. A última etapa consistiu na análise de conteúdo das entrevistas e edições à luz do referencial teórico que, em três capítulos, contemplou as seguintes questões: Desenvolvimento Sustentável e mudança social; concepção de educação no processo de transformação social; concepções de Educação Ambiental; mídia e constituição do sujeito contemporâneo (aqui abordando-se a possibilidade de uma concepção de educação transformadora no jornalismo ambiental). Dentre os resultados, concluímos que os telejornais ambientais analisados pautam suas edições num projeto formativo voltado para a sujeição à ideologia dominante da sociedade capitalista, sendo predominante a vertente pragmática de Educação Ambiental. Notou-se uma frequente coexistência da vertente conservadora e a pragmática, sendo raros os momentos em que se notaram traços da EA crítica. As semelhanças que possibilitaram tão frequente coexistência entre as duas concepções justificam-se por uma mesma concepção de Educação que está por trás de ambas é aquela que historicamente se tornou inerente à "missão" da mídia: formar consumidores a partir de uma educação voltada para a sujeição, uma educação mercadológica alicerçada num conceito de público como massa indistinta e deslocada de seus vínculos comunitários, suas diferenças culturais e suas contradições de classe _________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study analyzes Environmental Education aspects employed by three television news shows specialized in coverage of environmental topics: Cidades e Soluções, Repórter Eco and Globo Ecologia. The first step chosen in the study was to conduct interviews with journalists responsible for these shows regarding their views on nature, sustainable development and environmental education and the relationship among social groups and between them and the environment. These interviews, once transcribed, were followed by an exploratory analysis of shows aired in April and May, 2009, and transcription of 15 selected shows. The last stage consisted in analysis of the content of the interviews and shows in light of theoretical frameworks that, in three chapters, included the following issues: Sustainable Development and Social Change; conception of education in transforming social conceptions of environmental education, media and constitution of the contemporary subject (here discussing the possibility of a conception of transformative education in environmental journalism). Among the results, we conclude that base their newscasts analyzed environmental issues in a project aimed at training the subjection to the dominant ideology of capitalist society, being predominantly a pragmatic perspective of Environmental Education. There has been a frequent coexistence of conservative and pragmatic aspects are rare moments when you noticed traces of the EA review. The similarities that allowed so frequent coexistence between the two views are justified by the same conception of education that is behind them is one that historically has become inherent in the "mission" of the media: educate consumers from an education geared towards entry, an marketing education based on a concept of public and indiscriminate mass and displaced from their community ties, cultural differences and contradictions of class.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2010.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7998/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.