Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7975
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CAPITULO_EscopoAnaliseInformacao.pdf426,76 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O escopo da análise da informação
Outros títulos: The scope of information analysis
Autor(es): Baptista, Dulce Maria
Araújo Júnior, Rogério Henrique de
Carlan, Eliana
Assunto: Representação do conhecimento
Linguagem natural
Organização do conhecimento
Linguagem documentária
Data de publicação: 2010
Editora: IBICT
Referência: BAPTISTA, Dulce Maria; ARAÚJO JÚNIOR, Rogério Henrique de; CARLAN, Eliana. O escopo da análise da informação. In: ROBREDO, Jaime; BRÄSCHER, Marisa (Org.). Passeios no Bosque da Informação: Estudos sobre Representação e Organização da Informação e do Conhecimento. Brasília: IBICT, 2010. p. 61-80. Disponível em: <http://www.ibict.br/publicacoes/eroic.pdf>. Acesso em: 22 maio 2011.
Resumo: Neste capítulo busca-se contextualizar a análise da informação no âmbito da ciência da informação. A partir da identificação das dimensões conceitual, estratégica e operacional em que ocorre o processo de análise da informação, procede-se à descrição de cada uma dessas dimensões, tendo em vista a ênfase no significado da informação, e a conseqüente necessidade de representação condensada dos conteúdos temáticos. Nessa perspectiva, são considerados diferentes tipos de informação especializada, tal como representados em tabelas de classificação, como exemplos de representação condensada. A atribuição de palavras chave e a elaboração de resumos reflete, por sua vez, a necessidade de se compatibilizar a linguagem natural em que uma pergunta é formulada e a resposta que o sistema de informação tem a oferecer. Para ser representada, a informação precisa ser organizada e descrita. Considerando os diferentes suportes ou documentos em que é registrada, a descrição se vale de linguagens bibliográficas ou documentárias, e de interfaces com a terminologia e a lingüística. O contexto, em si, da análise da informação, engloba ações preliminares, ações de descrição, de representação, e outras ações complementares, que ampliam de forma significativa o escopo da análise da informação. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In this chapter it is intended to focus information analysis within the context of information science. Starting with identification of conceptual, strategic and operational dimensions in which IA takes place, each one of those aspects is described, with emphasis on the meaning of information, and on the resulting need of summarized representation of contents. Having this in view, different types of specialized information are taken into account, such as shown in classification tables, as examples of condensed representation. Assignment of key words and abstracting reflect, on the other hand, the need of matching the natural language used in formulating a question and the response that is offered by an information system. Information needs to be organized and described in order to be represented. Considering different supports in which it may be recorded, description makes use of bibliographic or documentary languages, and of interfaces with terminology and linguistics. The context, itself, of information analysis, comprises a number of preliminary procedures, as well as description, representation and other complementary activities, which significantly enlarge the scope of infomation analysis.
Aparece nas coleções:FCI - Livros e capítulos de livros

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons