Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7779
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CondicionantesInstitucionaisPoliticos.pdf128,19 kBAdobe PDFView/Open
Title: Condicionantes institucionais e políticos e poder de barganha nas negociações internacionais sobre agricultura : o caso da União Européia
Other Titles: Institutional and political constraints and bargain power in agriculture international negotiations : the case of EU
Authors: Carvalho, Maria Izabel Valladão de
Assunto:: Negociação
União Européia
Relações internacionais
Processo decisório
Issue Date: 2006
Citation: CARVALHO, Maria Izabel Valladão de. Condicionantes institucionais e políticos e poder de barganha nas negociações internacionais sobre agricultura : o caso da União Européia. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 49, n. 2, p. 99-118, jul./dez. 2006. Disponível em: <10.1590/S0034-73292006000200006>. Acesso em: 10 maio 2011. doi: 10.1590/S0034-73292006000200006.
Abstract: Neste artigo se analisa a influência das instituições políticas e da Política Agrícola Comum sobre o comportamento da UE nas negociações internacionais no âmbito da agricultura. Procura-se demonstrar que aqueles fatores colaboram para tornar o ambiente ratificador da UE limitado, aumentando o seu poder de barganha e reduzindo a margem de manobra dos adversários. A pesquisa enfoca, dessa maneira, o modo como os interesses dos Estados-membro são canalizados pelas instituições, bem como o desempenho da UE em relação ao comportamento dos EUA e do Brasil nas Rodadas Uruguai e Doha.
Abstract: This article analyses the influence of political institutions and of the Common Agricultural Policy on the EU's behavior in international agricultural negotiations. It aims at demonstrating that those factors contribute to make the EU's ratification context restricted, increasing its bargaining power and reducing the leverage of its opponents. Therefore, this paper considers how the member states' interests are channeled by the institutions and the role of the EU in relation to the behavior of the USA and of Brazil in the Uruguay and Doha Rounds.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-73292006000200006
Appears in Collections:IREL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7779/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons