Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7525
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_BiomassaMicrobianaSolo.pdf71,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Biomassa microbiana do solo e produção de alface em função da dose de N e adubo orgânico
Outros títulos: Soil microbial biomass and production of lettuce in function of dose of n and organic fertilizer
Autor(es): Figueiredo, Cícero Célio de
Ramos, Maria Lucrécia Gerosa
Assunto: Carbono da biomassa microbiana
Alface - cultivo
Adubação orgânica
Data de publicação: Mai-2009
Referência: FIGUEIREDO, Cícero Célio de; RAMOS, Maria Lucrécia Gerosa. Biomassa microbiana do solo e produção de alface em função da dose de N e adubo orgânico. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 25, n. 3, p.9-15, 2009. Diponível em: <Biosci. J., Uberlândia, v. 25, n. 3, p. 9-15, May./June 2009>. Acesso em: 16 fev. 2011.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi estudar a biomassa microbiana do solo e a produção de alface em função da dose de N e adubo orgânico. Utilizou-se o delineamento estatístico de blocos ao acaso com quatro repetições totalizando vinte parcelas. Cada parcela experimental que ocupou uma área de 2m2 recebeu 10 kg de esterco bovino de curral curtido (50 Mg ha-1). Além da adubação orgânica, as parcelas receberam doses de nitrogênio mineral (0, 25, 50, 100 e 200 g m-2 de sulfato de amônio). Independentemente da dose de adubação nitrogenada adicionada ao esterco, o solo apresentou alto quociente metabólico e baixa razão porcentual Cmic:Corg. A adição de 10 kg N ha-1 ao esterco promoveu maiores valores do carbono da biomassa microbiana do solo. A adição de 20 kg N ha-1 promoveu maior massa fresca e as doses de N não afetaram a altura, o diâmetro e a massa seca da alface. De maneira geral, doses entre 10 e 20 kg N ha-1 promoveram aumento da massa fresca aliado aos maiores valores de biomassa microbiana. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of this work was to study the soil microbial biomass and the lettuce production in function of the dose of N and organic fertilizer. The experiment was set up in a randomized block with four replications totaling twenty spots. Each experimental spot that occupied an area of 2m2 received 10 kg of cattle manure (50 Mg ha-1). In addition to the organic fertilizer, the spots received doses of mineral nitrogen (0, 25, 50, 100 and 200 g m-2 of ammonium sulfate). Independently of the dose of mineral nitrogen added to the organic fertilizer, the soil presented high metabolic quotient and low reason Cmic:Corg. The addition of 10 kg N ha-1 to the cattle manure promoted higher values of soil microbial biomass carbon. The addition of 20 kg N ha-1 promoted larger fresh mass and the doses of mineral nitrogen did not affect the height, the diameter and the dry mass of the lettuce. In general, doses between 10 and 20 kg N ha-1 promoted higher fresh mass of lettece allied to higher values of soil microbial biomass.
Aparece nas coleções:FAV - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons