RIUnB >
FS - Faculdade de Ciências da Saúde >
FS - Programa de Pós-graduação  >
FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/7501

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2010_AdautoJoaoPulcinelli.pdf968,76 kBAdobe PDFView/Open

Title: O efeito antidepressivo resultante da prática de exercícios físicos em indivíduos com diagnóstico de esquizofrenia e transtorno afetivo de humor
Authors: Pulcinelli, Adauto João
Advisor: Barros, Jônatas de França
Keywords: Exercícios terapêuticos
Depressão mental
Esquizofrenia
Transtorno de humor
Issue Date: 27-Apr-2011
Submit Date: 20-Dec-2010
Citation: PULCINELLI, Adauto João. O efeito antidepressivo resultante da prática de exercícios físicos em indivíduos com diagnóstico de esquizofrenia e transtorno afetivo de humor. 2010. 106 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Introdução: Os sintomas depressivos estão presentes em grande parte das psicopatologias e o exercício físico pode representar um meio adjunto no tratamento terapêutico. Objetivo: Este estudo teve por objetivo analisar os efeitos de um programa de exercícios físicos nos sintomas auto-relatados de depressão em indivíduos com diagnóstico de esquizofrenias e transtorno afetivo de humor, observando-se o desfecho relacionado aos componentes da aptidão física (composição corporal e capacidades motoras) antes e após doze semanas de intervenção. Método: participaram doze indivíduos (gc = 4; ge = 8) sob tratamento psiquiátrico e acompanhamento psicológico em instituição de saúde pública. O tratamento experimental consistiu de duas sessões semanais de exercícios físicos (treinamento em circuito), durante 12 semanas. As variáveis analisadas foram medidas antropométricas e capacidades motoras e o Inventário de Depressão de Beck. A análise estatística foi através do teste não-paramétrico de mann-whitney-wilcoxon para duas amostra independentes e wilcoxon signed rank test para duas amostras dependentes. Resultados: No grupo experimental observou-se uma redução significativa da massa corporal total, índice de massa corporal e circunferências corporais e uma tendência de aumento da capacidade aeróbica e força muscular, além de redução dos sintomas de depressão em função do tratamento experimental. Conclusão: Não foi possível comprovar à luz do método científico a relação de causa e efeito entre o aprimoramento dos componentes da aptidão física e uma redução concomitante dos sintomas auto-relatados de depressão. Os resultados mais significativos do tratamento experimental ocorreram na redução da massa corporal total, no índice de massa corporal e nas circunferências das regiões da coxa e do antebraço. No teor de gordura corporal, apesar de não significativa, a redução foi de aproximadamente 11% ao final do período de tratamento. Aumentos não significativos foram observados na capacidade aeróbica (14%) e na força muscular de flexão (6%) e extensão (2%) do joelho direito. Os escores auto-relatados de depressão sofreram uma redução não significativa de aproximadamente 24%. Os resultados observados nas variáveis testadas levam-nos a crer que, no contexto desta pesquisa, o exercício físico proporcionou tanto benefícios físicos e psicológicos para os sujeitos que participaram do programa de exercícios físicos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: Depressive symptoms are present in much of the psychopathology and physical activity may represent a therapeutic adjunct in the middle. Objective: This study aimed to examine the effects of an exercise program on self-reported symptoms of depression in individuals diagnosed with schizophrenia and affective disorder of mood, observing the outcome related to physical fitness (body composition and motor skills) before and after twelve weeks of intervention. Method: Twelve individuals (gc = 4, g = 8) under psychiatric treatment and counseling in public health institution. The experimental treatment consisted of twice weekly sessions of physical exercise (circuit training) for 12 weeks. The variables were anthropometric measurements and motor skills and the Beck Depression Inventory. Statistical analysis was by non-parametric test of Wilcoxon-Mann-Whitney for two independent samples and Wilcoxon signed rank test for two dependent samples. Results: In the experimental group observed a significant reduction of total body mass, body mass index and body circumferences and a tendency to increase aerobic capacity and muscle strength, and reducing symptoms of depression according to the experimental treatment. Conclusion: It was not possible to prove in light of the scientific method of cause and effect relationship between the improvement of physical fitness and a concomitant reduction of self-reported symptoms of depression. The most significant results of the experimental treatment occurred in the reduction of total body mass, body mass index and the circumference of the regions of the thigh and forearm. In body fat content, while not significant, the reduction was approximately 11% at the end of the treatment period. No significant increases were observed in aerobic capacity (14%) and flexion strength (6%) and extension (2%) of the right knee. The scores of self-reported depression suffered a nonsignificant reduction of approximately 24%. The results observed in the tested variables lead us to believe that in the context of this research, the exercise provided both physical and psychological benefits for the subjects who participated in the exercise program. Key Words: Physical Exercise; Symptoms of Depression; Physical Fitness, Schizophrenia; Bipolar Disorder.
Additional Information: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.