Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7440
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_Janaina LopesNascimentoDuarte.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O serviço social nas organizações não-governamentais : tendências e particularidades
Autor(es): Duarte, Janaína Lopes do Nascimento
Orientador(es): Santos, Silvana Mara Morais
Assunto: Serviço social
Questão social
Organizações não-governamentais
Data de publicação: 18-Abr-2011
Referência: DUARTE, Janaína Lopes do Nascimento. O Serviço Social nas organizações não-governamentais : tendências e particularidades. 2007. Dissertação (Mestrado em Serviço Social)-Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: O presente estudo trata do exercício profissional do(a) Assistente Social nas ONGs associadas à ABONG, no município de Natal/RN, no que se refere às condições de trabalho, às demandas e às respostas profissionais, diante da conjuntura de reestruturação do capital. O conjunto de transformações sócio-históricas, resultado da dinâmica capitalista pós-1970, engendra um processo de novas configurações na relação Estado e sociedade as quais interferem diretamente no tratamento da questão social na atualidade, desconstruindo direitos sociais conquistados historicamente pelos trabalhadores. Nesse contexto, as ONGs, assumem função social estratégica no enfrentamento da questão social, contribuindo para o deslocamento das responsabilidades com o social, da órbita do Estado para o chamado terceiro setor. Esse movimento societário desencadeia mudanças para o Serviço Social, uma vez que é uma das profissões que atuam nas expressões imediatas da questão social. A partir de uma pesquisa qualitativa fundamentada numa perspectiva teórico-metodológica crítica e dialética, foi possível desvendar algumas contradições, particularidades e tendências do exercício profissional do(a) Assistente Social em ONGs. Sinteticamente, os resultados da pesquisa indicaram que: a) nas condições de trabalho há uma tendência de precarização, instabilidade, insegurança e desarticulação dos profissionais; b) as demandas estão associadas ao momento de reordenamento do capital, cujas novas exigências e responsabilidades profissionais têm sintonia com as necessidades do capital em tempos de crise estrutural; c) os limites e as contradições estão presentes no cotidiano profissional, principalmente em função das características de gestão e funcionamento das ONGs; d) as profissionais entrevistadas apresentam dificuldades significativas na articulação entre a singularidade do cotidiano profissional nas organizações e a totalidade dos processos sociais, limitando a capacidade de efetuar a crítica às requisições (im)postas pelo capital. _________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present study is about the professional exercise of the Social Worker in ONGs associated with the ABONG in Natal city, state of Rio Grande do Norte, referring to the work conditions, claims and professional responses in front of the capital restructuration circumstances. The group of socio-historical transformations, as a result of the after-1970 dynamic capitalism, conducts a process of new configurations in the relationship between State and society that directly affect the social question nowadays, destroying social rights historically conquered for the workers. In this context, the ONGs assume a strategical social function of the social question, contributing with the change of responsibilities with the social from the State to the third sector. This social movement causes changes to the Social Work since this is one of the professions that act on the immediate expressions of the social question. After a qualitative research based on a theoricalmethodological critical and dialectical perspective, it was possible to discover some contradictions, details and tendencies of the professional exercise of the Social Worker in ONGs. Summarizing, the results of the research show that: a) it was detected a tendency of precarization, instability, insecurity, no-articulation, no-profissionalization of the professionals in the work conditions; b) demands are associated with a moment of the capital re-ordering, where new professional exigencies and responsibilities are related with capital necessities in the period of structural crisis; c) limits and contradictions are present in a professional daily work mainly in function of the characteristics of gestation and functioning of the ONGs; d) the professionals that were interviewed show significant difficulties in a articulation between the professional daily work in organizations and the totality of the social processes, limiting the capability of doing critics to the requisitions imposed by the capital.
Informações adicionais: Dissertação (Mestrado em Serviço Social)-Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Aparece nas coleções:SER - Teses e Dissertações dos Docentes

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.