Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7294
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_ThiagoSiqueiraMasson.pdf340,06 kBAdobe PDFView/Open
Title: A desconfiança dos cafeicultores da zona da mata mineira no gerenciamento de cooperativas agrícolas : subsídios para a nova economia institucional
Authors: Masson, Thiago Siqueira
Orientador(es):: Botelho Filho, Flávio Borges
Assunto:: Agroindústria - café
Cooperativas agrícolas
Cafeicultores
Agricultura familiar
Economia agrícola
Issue Date: 5-Apr-2011
Citation: MASSON, Thiago Siqueira. A desconfiança dos cafeicultores da zona da mata mineira no gerenciamento de cooperativas agrícolas: subsídios para a nova economia institucional. 2010. vii, 76 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronegócios)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Esse estudo abordou a coordenação dos cafeicultores familiares da Zona da Mata mineira, com o objetivo de compreender os fatores pelos quais as cooperativas agrícolas não se firmaram - ao contrário de outras regiões cafeicultoras do estado de Minas Gerais – como a principal ferramenta de negociação e de comercialização dos cafeicultores familiares dessa região. À luz dos pressupostos teóricos da Nova Economia Institucional, o problema abordado fundamentou-se na hipótese de que o baixo nível de confiança desses cafeicultores em relação ao gerenciamento das cooperativas de café apresenta-se, entre outros fatores, como a principal variável inibidora para a consolidação dessas organizações coletivas na região. Com base no método qualitativo Delphi, a formação do conhecimento fundamentou-se nos depoimentos dos presidentes dos principais sindicatos rurais e associações de cafeicultores familiares localizados na Zona da Mata mineira. Os entrevistados, entre outros assuntos relacionados ao tema, discorreram sobre as cooperativas agrícolas que encerraram suas atividades nessa região em decorrência, principalmente, da ineficiência administrativa ou da corrupção de seus dirigentes e administradores. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study focuses on the commercial coordination undertaken by family-hold coffee growers established in the Zona da Mata producing region. It aims at understanding the reasons cooperatives have not developed as the main bargaining and commercial strategy adopted by these local coffee growers as witnessed in other coffee producing area located in the state of Minas Gerais, Brazil. In the light of the institutional economy theoretical framework, this study works on the hypothesis that these coffee growers lacks reliability on the administrative and management model mainly adopted by these agro-based cooperatives. This would be the main reason the cooperative system has not flourished among these family-hold growers. Based on the Delphi researching method, knowledge concerning the cooperative failure within this region builds on interviews with the main rural union´s presidents concerning, amidst other related issues, reports on cooperatives that have gone bankrupted as a consequence of either mismanagement or corrupted conduction undertaken by their administrative body.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronegócios, 2010.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronegócios (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7294/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.