Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7245
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_CarolinaNascimentoJube.pdf3,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os "avatares" do corpo rascunho : sobre a formação identitária de jovens universitários na cibercultura
Autor(es): Jubé, Carolina Nascimento
Orientador(es): Feres Neto, Alfredo
Assunto: Computadores e civilização
Estudantes universitários
Redes de relações sociais
Educação física
Data de publicação: 1-Abr-2011
Referência: JUBÉ, Carolina Nascimento. Os "avatares" do corpo rascunho: sobre a formação identitária de jovens universitários na cibercultura. 2010. 186f. Dissertação (Mestrado em Educação Física)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: Nesta dissertação levantamos a proposta de que a cibercultura é um espaço importante na representação do corpo (e de sua identificação) em relações sociais dadas em ambiente virtual, particularmente entre jovens universitários. A fim de tentar resolver essa questão criamos três hipóteses de pesquisa, que tiveram em sua análise variáveis dependentes e independentes. Foram elas: H1) As redes virtuais são espaços potencializadores de sociabilidades entre jovens, independentemente do sexo, da idade e do curso de graduação; H2) Os jovens valorizam as práticas corporais off-line, em particular a importância dessas em relação à saúde, condição física e beleza do corpo; H3) O corpo representado on-line constitui um ícone identificador de um estilo de vida ativo, através de uma representação fragmentada como rascunho de um projeto identitário em construção. Assim, encontra-se uma relevância do corpo ativo na construção das identidades on-line em representação das práticas off-line, sendo que os jovens apropriam e recriam a cultura corporal tradicional no espaço virtual como elemento identificador do self. Para a amostra representativa de 21 jovens universitários que cursavam a disciplina de Prática Desportiva (PD) na Universidade de Brasília foi aplicado um questionário, realizada uma sessão de entrevista, como também a observação de seus perfis pessoais na rede de relacionamento Orkut. As informações recolhidas foram tratadas através do programa SPSS 17.0 para Windows e os gráficos criados por meio do programa Excel, o que nos permitiu testar a validade das hipóteses apresentadas para esse estudo. Após todo esse processo investigativo, pode-se concluir que de fato os jovens constroem uma identidade nas redes virtuais de relacionamentos e que o corpo é um elemento essencial em todo esse processo. Essas redes são também espaços de ampliação das sociabilidades. E os jovens se interessam pelas práticas off-lines, porém essas também estão presentes em sua representação on-line. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In this dissertation, we propose that the cyberculture is an important space for representing (and identifying) the body in virtual social relationships, particularly between college students. In an attempt to settle this question we created three research hypotheses with dependent and independent variables for analysis. They were the following: H1) Virtual networks are spaces that encourage socializing among young people, irrespective of sex, age or major; H2) Young people value off-line body work, and in particular recognize its importance in regard to health, physical condition and bodily beauty; H3) The body as represented online constitutes an icon identifying an active lifestyle through a fragmented representation, the first draft of an identity construction project. Thus, the active body is relevant to the construction of online identities which represent offline practices. Young people appropriate and recreate traditional physical culture in the virtual space as an element identifying the self. The representative sample consisted of 21 university students taking the Sports Practice (SP) class at the University of Brasilia. They responded to a questionnaire in an interview session and their personal profiles on the Orkut social relationship network were studied. SPSS 17.0 for Windows was used to test the validity of the hypotheses presented in this study and Excel was use to created the graphics. It can be concluded that in fact young people construct an identity in virtual relationship networks and the body is an essential element in this process. These networks are also spaces for expanded socializing. And young people are interested in offline practices; however, these are also present in their online representations.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2010.
Aparece nas coleções:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.