Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/7051
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ColetaSêmenOvino.pdf374,3 kBAdobe PDFView/Open
Title: Coleta de sêmen em estação ou decúbito lateral utilizando diferentes eletroejaculadores
Other Titles: Semen collection in rams standing upor in lateral recumbency using different eletroejaculators
Authors: Lima, Ligia Freitas de
Tortorella, Rodrigo Dorneles
Leal, Diogo Ramos
Passos, Pedro Ivo Braga
Sartori, Roberto
Silva, Thiago Antônio de Souza Nascimento
Hashimoto, Hetielle Harumi
Neves, Jairo Pereira
Assunto:: Sêmen ovino
Eletroejaculação
Issue Date: 2010
Citation: LIMA, Ligia Freitas de. Coleta de sêmen em estação ou decúbito lateral utilizando diferentes eletroejaculadores. Ciência animal brasileira, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 410-416, abr./jun. 2010. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/4009/6848>. Acesso em: 07 fev. 2011. Doi: 10.526/cab.v11i2.4009.
Abstract: O experimento teve como objetivo avaliar e comparar dois eletroejaculadores (EEr): um automático (A – Biocom Ltda., Uberaba, MG) e outro manual (M – Duboi, Campo Grande, MS), utilizando dois métodos de contenção: estação (E) e decúbito lateral (D). Foram utilizados doze carneiros: Santa-Inês (n=9), Ile-de-France (n=2) e Texel (n=1). O sêmen foi coletado duas vezes por semana e as coletas realizadas três vezes em cada grupo (AD – automático em decúbito; AE – automático em estação; MD – manual em decúbito e ME – manual em estação) resultando em doze coletas. Antes e depois das coletas de sêmen, amostras de sangue foram coletadas para análise dos níveis plasmáticos de cortisol com objetivo de verificação do estresse entre os grupos e indivíduos. Procedeu-se à avaliação das coletas pelo tempo em segundos para obtenção da fração seminal, tempo de duração da fração seminal e porcentagem de carneiros que expuseram o pênis. Os parâmetros avaliados referentes ao sêmen foram: volume, aspecto, motilidade espermática progressiva, turbilhonamento, vigor espermático, número total de espermatozoides no ejaculado e morfologia espermática. Em 7,1% de todas as coletas não houve ejaculação, sendo que o grupo submetido ao tratamento AD (20%) foi responsável pela maior fração das coletas sem ejaculação (P<0,05). Os grupos não apresentaram diferenças significativas quanto ao aumento do nível de cortisol após as coletas (P>0,05). No entanto, houve diferença entre indivíduos (P<0,05). As coletas de sêmen nos animais em decúbito demandaram menor tempo para atingir a fração seminal e também proporcionaram maior duração da fração seminal (P<0,05). O grupo MD obteve menor tempo em atingir a fração seminal e produziu um maior volume de sêmen quando comparado ao grupo AE (P<0,05). Os dados do experimento permitem concluir que o EEr automático e manual apresentaram resultados semelhantes, assim como as posições de coleta, decúbito ou estação. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of the experiment was to evaluate and compare two electroejaculators: an automatic one (A – Biocom Ltda., Uberaba, MG) and a manual one (M – Duboi, Campo Grande, MS), using two methods of physical restrain: standing (E) or lateral recumbency (D). Twelve rams were used: Santa Inês (n=9), Ile-de-France (n=2) and Texel (n=1). Semen were collected twice a week and each animal had the semen collected three times in each group (AD – automatic in recumbency, AE – automatic in station, MD – manual in recumbency, and ME – manual in station) resulting in 12 collections. Blood samples were obtained before and after the semen collections to measure changes in circulating cortisol in order to measure stress among groups and individuals. The collections were evaluated per the time in seconds to obtain seminal fraction, time of seminal fraction and percentage of rams that exposed the penis. The collected semen parameters evaluated were: volume, aspect, progressive motility, wave motion, sperm vigor, total number of spermatozoa and sperm morphology. In 7.1% of the collections, there was no ejaculation, moreover, group AD was responsible for most of the collections without ejaculation (20%) (P<0,05). There was no difference among groups (P>0.05) relating to cortisol level after collections. However, there was difference among individuals (P<0.05). The collections in lateral recumbency were faster regarding achievement of seminal fraction and provided more time length for seminal fraction. The MD group required a shorter time length to achieve the seminal fraction and produced a greater volume of ejaculate in comparison to the AS group. It can be concluded by these results that both eletroejaculators (automatic and manual) had similar results as well as both methods of physical restrain (standing and lateral recumbency).
DOI: https://dx.doi.org/10.526/cab.v11i2.4009
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7051/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons