Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6841
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CaracterísticasProdutivasReprodutivas.pdf36,16 kBAdobe PDFView/Open
Title: Características produtivas e reprodutivas de vacas Holandesas e mestiças Holandês × Gir no Planalto Central
Other Titles: Production and reproduction traits in Holstein and Gyr crossbred cows in the Central Plateau, Brazil
Authors: Pimentel, Concepta Margaret McManus
Teixeira, Rodrigo de Almeida
Dias, Laila Talarico
Louvandini, Helder
Oliveira, Eliandra Maria Bianchini
Assunto:: Miscigenação
Lactação
Cerrados
Issue Date: May-2008
Citation: MCMANUS, Concepta et al. Características produtivas e reprodutivas de vacas Holandesas e mestiças Holandês × Gir no Planalto Central. Revista brasileira de zootecnia, Viçosa, v. 37, n. 5, p. 819-823, maio 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbz/v37n5/a06v37n5.pdf>. Acesso em: 03 fev. 2011. doi: 10.1590/S1516-35982008000500006.
Abstract: Com o objetivo de comparar o desempenho leiteiro e reprodutivo de vacas da raça Holandesa e mestiças Holandês × Gir na região do Planalto Central foram utilizados dados de 1.456 vacas de cinco composições raciais, originadas das raças Holandesa (H) e Gir (G): puras H; ¾H ¼G; ½H ½G; 3/8H 5/8G; e ¼H ¾G. Analisaram-se as características produção média diária de leite (PMD), número de dias em lactação (DL) e produção total da lactação corrigida para 305 dias (P305), idade ao primeiro parto (IPP), período de gestação (PG) e intervalo de partos (IEP). Os maiores valores de PMD e P305 foram obtidos para os animais ¾H ¼G e ½H ½G e os menores, para os animais com maior proporção da raça Gir (¼H ¾G). Os valores das características reprodutivas IPP e IEP, no entanto, foram menores para os animais ¾H ¼G.Esses resultados evidenciam a adaptação das vacas mestiças ao ambiente a que foram submetidas ou que os animais puros da raça Holandesa, em razão do estresse nutricional e/ou térmico, não expressaram todo o seu potencial genético para produção leiteira.Além disso, os dados comprovaram a importância da utilização de sistemas de cruzamento na manutenção da produção dos animais e na sua adaptação ao ambiente.
Abstract: Data from 1456 purebred and crossbred cows of five different crossbred groups involving the Holstein (H) and Gyr (G) breeds (H; ¾H ¼G; ½H ½G; 3/8H 5/8G e ¼H ¾G) were used to compare their milk production and reproductive traits in the Brazilian central plateau region. The performance traits studied were: average daily milk production (DMP); lactation length (LL); total production in 305 days (P305) and age at first calving (AFC), gestation length (GL) and calving interval (CI). Higher averages of DMP and P305 were observed for animals ¾H ¼G and ½H ½G and the smallest ones for crossbred animals with larger proportion of the Gyr breed (¼H ¾G). The lowest values of AFC and CI were observed for ¾H ¼G animals. These results indicate the importance of crossbreeding strategies to produce animals that are more adapted to the environmental conditions of the region. Holstein purebreds probably do not express their full genetic potential due to nutritional and/or heat stress.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982008000500006
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6841/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons