Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6644
Título: Identificação dos limiares de lactato, ventilatórios e eletromiográficos de superfície em exercício resistido
Autor(es): Nasser, Suellen Vaz
Orientador(es): Fontana, Keila Elizabeth
Assunto: Exercícios físicos
Aptidão física
Batimento cardíaco
Exercício resistido
Data de publicação: 28-Jan-2011
Data de defesa: 2010
Citação: NASSER, Suellen Vaz. Identificação dos limiares de lactato, ventilatórios e eletromiográficos de superfície em exercício resistido. 2010. xiv, 111 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: O treinamento resistido (TR) tem sido alvo de muitos estudos científicos, pois o que antes era praticado tão somente para fins estéticos, agora se destaca pela abrangente contribuição na promoção da saúde e no âmbito esportivo. Para compreender os fatores determinantes do desempenho físico é necessário analisar os fenômenos bioquímicos, biomecânicos e fisiológicos desencadeados em decorrência de cada atividade física proposta. Tendo em vista a pequena quantidade de estudos publicados a esse respeito, o objetivo desta pesquisa foi Identificação dos limiares de lactato, ventilatórios e eletromiográficos em exercícios resistidos de rosca bíceps. Três métodos, (lactacidemia, ergoespirometria e eletromiografia) foram simultaneamente empregados na identificação dos limiares. A coincidência entre os métodos foi analisada por ANOVA de medidas repetidas e Bland-Altman, na perspectiva de validação da eletromiografia de superfície (EMGS) como método adequado. Treze jovens com idade de 21,3 ± 2,6 anos e estatura 174,4 ± 6,0 cm realizaram um protocolo dinâmico incremental escalonado em frações de 1RM. Foram coletadas amostras sanguíneas, dados ventilatórios, de frequência cardíaca e eletromiográficos. Os limiares foram determinados por inspeção visual da curva de lactato, ventilação, equivalentes ventilatórios de O2 e CO2 e velocidade de condução (VC) do impulso nervoso em função do tempo. Ao final, os índices foram expressos e comparados em termos de VO2, FC, carga de trabalho relativo (%1RM) e absoluto (kg). Foi possível identificar dois pontos de mudança de comportamento da curva nos três métodos (L1 e L2). A EMGS foi considerada válida na determinação de L1 para todas as variáveis em análise considerando a lactacidemia como o padrão ouro. No entanto, para L2 a ergoespirometria mostrou-se confiável em relação ao padrão ouro. Mais estudos precisam ser desenvolvidos para a padronização dos procedimentos envolvidos na determinação e análise dos limiares 1 e 2. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Resistance training (RT) has been subject of several scientific studies, since its application not only for aesthetic purposes, but in health promotion and sports activities. To understand the determinants of physical performance is necessary to analyze biochemical, biomechanical and physiological phenomena triggered as a result of each physical activity proposed. Due to the small number of published studies in this regard the main of this study was the identification of lactate threshold, ventilatory and electromyographic, in resistance exercise on biceps curl. Three methods (blood lactate concentration, ergospirometry and electromyography suitable) were simultaneously used to determine the thresholds. The coincidence between the methods was analyzed by repeated measures ANOVA and Bland-Altman, aiming the validation of surface electromyography (EMGS) as a suitable instrumentation. Thirteen youths aged 21.3 ± 2.6 years and height 174.4 ± 6.0 cm performed a dynamic incremental protocol spread over parts of 1RM’s worklloads. Blood samples, ventilatory, heart rate and electromyographic suitable data were collected. The thresholds were determined by visual inspection of the curve of lactate, ventilation, oxygen and carbon dioxide equivalents and speed conduction of the nerve impulse over the time. At the end, the rates were expressed and compared in terms of VO2, HR, relative (%1RM) and absolute (kg) workload. Two points of change in the pattern of the curve in the three methods (L1 and L2) were identified. The EMGS was considered valid in determining L1 for all variables analyzed, considering lactate curve as the gold standard. However, for L2, the ergospirometry was reliable compared to the gold standard. More studies are necessary to develop a standard procedures involved in the determination and analysis of anaerobic thresholds.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2010.
Aparece nas coleções:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_SuellenVazNasser.pdf14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.