Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6580
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AvaliaçãoParâmetrosEcográficos.pdf155,88 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação dos parâmetros ecográficos de desenvolvimento gestacional de ovinos da raça Santa Inês
Other Titles: Evaluation of foetal development in Santa Inês sheep using ultra-sound
Authors: Ramos, Ananda Krishna de Moraes
Neves, Jairo Pereira
Pimentel, Concepta Margaret McManus
Lucci, Carolina Madeira
Carneiro, Helena Cristina Rodrigues
Amaral, Rodrigo de Souza
Assunto:: Ovino - reprodução
Embriologia
Ultra-sonografia veterinária
Ovino - maturidade fetal
Issue Date: Jul-2007
Citation: RAMOS, Ananda Krishna de Moraes et al. Avaliação dos parâmetros ecográficos de desenvolvimento gestacional de ovinos da raça Santa Inês. Ciência animal brasileira, Goiânia, v. 8, n. 3, p. 537-543, jul./set. 2007. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/1731/1698>. Acesso em: 24 jan. 2011.
Abstract: Tendo como objetivo principal investigar a confiabilidade dos parâmetros de desenvolvimento para estimativa da idade gestacional, 32 ovelhas da raça Santa Inês foram submetidas a um programa de sincronização estral e acasaladas, resultando na gestação de 18 delas. As avaliações ultra-sonográficas foram realizadas do 8° ao 55° dia de prenhez, considerando dia zero como o primeiro dia da cobertura. Estabeleceram-se como critérios para o diagnóstico, de prenhez, a visualização do feto e os batimentos cardíacos. Para avaliação da idade gestacional, utilizaramse os seguintes parâmetros: o comprimento crânio-caudal (CCC), o diâmetro biparietal (DBP), o diâmetro torácico (DT), e a mensuração da vesícula gestacional. Todos os parâmetros apresentaram correlação positiva com a idade gestacional, com destaque para o DBP, tanto pela maior confiança como facilidade de avaliação. Adicionalmente, foram elaboradas equações de crescimento para determinação da idade gestacional a partir das medidas realizadas. Em relação à via de acesso para exame ecográfico, a transretal evidenciou maior praticidade até os 45 dias pós-serviço. A partir desse período, a transabdominal demonstrou ser mais adequada. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Thirty two Santa Inês ewes were synchronized and bred, resulting in 18 pregnancies. These were use to investigate the reliability of developmental parameters in the estimation of gestational age. The ultra-sound evaluations were carried out from day 8 to 55 of pregnancy, with day zero being the first day of breeding. For positive pregnancy diagnosis the visualization of the fetus and heart beat were considered. Gestational age was determined using: cranialcaudal length (CCC), biparietal diameter (DBP), thoracic diameter (DT), and measurements of the gestational sac. All parameters had a positive correlation with gestational age, especially DBP which was more reliable and easier to measure. In addition, growth equations were calculated to determine gestational age from the measurements. In terms of methods of carrying out the ecograph, the transrectal route was more practical up to 45 days after service. After this the transabdominal route was seen to be more adequate.
Appears in Collections:CFS - Artigos publicados em periódicos
FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6580/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons