Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6527
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_InfluenciaPHResposta.pdf3,2 MBAdobe PDFView/Open
Title: Influência do pH na reposta de sementes de plantas daninhas a substâncias promotoras de germinação
Other Titles: Influence of pH on the action of chemicals on weed seeds
Authors: Carmona, Ricardo
Assunto:: Erva daninha
Sementes - viabilidade
Rumex crispus
Avena fatua
Chenopodium album
Germinação
Issue Date: 1997
Citation: CARMONA, Ricardo. Influência do pH na reposta de sementes de plantas daninhas a substâncias promotoras de germinação. Planta daninha, Viçosa, v. 15, n. 1, p. 3-17, 1997. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pd/v15n1/a01v15n1.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2011. doi: 10.1590/S0100-83581997000100001.
Abstract: Determinou-se o efeito do pH na ação de algumas substâncias promotoras de germinação em sementes de Chenopodium album L., Avena fatua L. e Rumex crispus L. A azida de sódio (A), nitrato de potássio + etileno (NE), NE + A, NE + A + tiuréia + peróxido de hidrogênio foram testados em solo (em bandej as) e em papel (in vitro) com soluções tampão em ambiente controlado. O efeito do NE no estímulo à germinação de sementes não foi afetado pelo pH na faixa de 3 a 9. A azida de sódio foi a substância que mais afetou as sementes, sendo este efeito pH dependente. Este composto foi extremamente deletério em sementes de C. album e A. fatua em solo ácido (pH 4,0), enquanto em solo básico ele estimulou a germinação em sementes de A. fatua, através da superação da dormência A combinação de NE + A em pH 6,2 inibiu a germinação de C. album e A. fatua, mostrando um antagonismo entre estes compostos. A mistura dos cinco compostos reduziu a influência do pH na ação deletéria da azida de sódio. O efeito deletério da azida foi menos afetado pela temperatura do que sua ação como superador de dormência. A solução extraída do solo não afetou a resposta de tratamentos químicos in vitro em diferentes temperaturas comparado a soluções tampão em pH semelhante. Discute-se a influência das características do solo na eficácia de substâncias químicas como superadores de dormência ou tratamentos deletérios às sementes. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The effects of pH on the action of some dormancy-relieving chemicals were investi gated on seeds of Chenopodium album, Avena fatua and Rumex crispus. Sodium azide (A), potassium nitrate + ethephon (NE), NE + A, NE + A + thiourea + hydrogen peroxide were tested in soil trays or in paper (in vitro) with buffer solutions in controlled environment. The response to NE was not affected by pH from 3 to 9. Sodium azide had the gre ate st effect on seed decline, but its effect was pH-dependent. This compound was extremely deleterious for Chenopodium album L. and Avena fatua L. seeds in acid soil (pH 4), while in basic soil it relieved dormancy of A . fatua. At pH 6. 2 the combin ation of NE + A was detrimental to C. album and A. fatua, perhaps because of an antagonism between the compounds. Mixing the five compounds toge ther reduced the influence of pH on the deleterious effect of azide. deleterious effect of this compound was less affected by temperature than its dormancy -relieving action. The solution extracted from both soils did not affect the treatments in vitro at different temperatures compared with buffers at similar pH. The influence of soil characteristics on the efficacy of dormancy-relieving or weed killing treatments in the field is discussed.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-83581997000100001
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6527/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons