Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6499
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_VivianeEvangelistadosSantos.pdf3,28 MBAdobe PDFView/Open
Title: Jardins educadores : ensaio sobre agroecologia e permacultura na escola pública
Authors: Evangelista, Viviane
Orientador(es):: Catalão, Vera Margarida Lessa
Assunto:: Educação ambiental
Ecologia humana
Escolas públicas - Distrito Federal (Brasil)
Issue Date: 19-Jan-2011
Citation: EVANGELISTA, Viviane. Jardins educadores: ensaio sobre agroecologia e permacultura na escola pública. 2010. 203 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: A presente dissertação apresenta uma pesquisa-ação que buscou construir uma práxis educacional ao ar livre em uma escola classe pública, localizada no Distrito Federal. A autora atuou como educadora e pesquisadora em um processo de ecoformação no ano de 2008, no qual se abordou a Educação Ambiental a partir da agroecologia e da permacultura. A partir de vivências e reflexões propiciadas pelas oficinas ecopedagógicas realizadas nos jardins da escola, a comunidade escolar inseriu a Educação Ambiental no Projeto Político Pedagógico. Criaram-se então mecanismos de promoção, acompanhamento e avaliação da prática do Projeto Político Pedagógico. O processo de observação e compreensão da prática docente ocorreu enfatizando as atividades desenvolvidas entre 2008- 2009, permeadas pelas rodas de conversa realizadas com os professores, a observação da percepção dos estudantes no momento de atuação no espaço verde e da entrevista realizada com a coordenadora pedagógica. Os resultados alcançados foram interpretados em uma narrativa descritiva com abordagem etnometodológica de todo processo e das práticas educativas realizadas na área verde da escola. Inovações no projeto político pedagógico da escola, o surgimento de uma comunidade de aprendizagem que discute e reflete sobre o uso da área verde como espaço pedagógico e o exercício de uma pedagogia ativa e significativa são os elementos que encontramos como resultado da experiência vivida. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation presents an action-research meant to building outdoor educational praxis in a public school localized in the Federal District. The author acted as educator and researcher in an eco-formation process in 2008, in which the Environmental Education was approached based upon Agroecology and Permaculture. Starting from experiences and reasoning propiciated by ecopedagogical workshops performed at the school`s gardens, the school community inserted Environmental Education into the Political Pedagogical Project. Thus, mechanisms for promoting, accompaning and evaluating the practice of the Project were created, The observation and comprehension of the pedagogical practice was done by enphasizing the activities developed between 2008 and 2009, mediated by talkings with teachers, the student`s perception obeservation at the time of acting in the school garden space and the interviews with the pedagogical coordinator. The attained results were interpreted in a descriptive narrative under an etno-methodological approach of the whole process and the educational practices done at the school`s garden. Innovations in the school`s political pedagogical project; the arosal of a learning community that discusses and reflects about the use of the Green area as pedagogical space, added by the exercise of an active and significant pedagogy, are the elements we found as result of this vivid experience.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2010.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6499/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.