Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6461
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Delayse Maria Teles.pdf94,69 MBAdobe PDFView/Open
Title: Tratamento paisagístico de espaços livres públicos de superquadras do Setor Sudoeste : o abandono da concepção modernista
Authors: Teles, Delayse Maria
Orientador(es):: Barcellos, Vicente de Paulo Quintella
Assunto:: Arquitetura paisagística - Brasília (DF)
Arquitetura pública
Espaços públicos
Espaços urbanos
Brasília (DF)
Issue Date: 17-Jan-2011
Citation: TELES, Delayse Maria.Tratamento paisagístico de espaços livres públicos de superquadras do Setor Sudoeste: o abandono da concepção modernista. 2005. 168 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo)-Universidade de Brasília, Brasília, 2005.
Abstract: Este trabalho enfoca o tratamento paisagístico dos espaços livres das superquadras do Setor Sudoeste de Brasília, no Distrito Federal. Inicia pelos principais conceitos e profissionais que ajudaram a consolidar a arquitetura da paisagem no século XX. Aborda a concepção dos espaços livres inseridos na malha urbana como uma das soluções aos problemas decorrentes das transformações econômicas e sociais produzidas pelo processo da industrialização. Confronta as concepções do paisagismo modernista e as idéias de Lúcio Costa para o tratamento paisagístico de Brasília - presentes no Relatório do Plano Piloto e em outros textos – com o que hoje se observa nos espaços livres públicos das superquadras. A dissertação trata do contexto de criação do Setor Sudoeste, passa pelas idéias que levaram ao projeto e pelas promessas de se reproduzir o ideal de cidade-parque em suas superquadras, até identificar elementos que indicam o abandono da concepção modernista de paisagem pensada para ser reproduzida ali. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study focuses on the landscaping of the open spaces in the “superquadras” of the Southwest Sector (“Setor Sudoeste”) in Brasilia, Distrito Federal. The study begins with the main concepts and professionals that helped to consolidate landscape architecture in the twentieth century and examines the concept of open spaces embedded into the urban fabric as a solution to the problems resulting from the social and economic changes generated by the industrialization process. Modernist landscaping concepts and Lucio Costa’s ideas for the landscaping of Brasilia – found in the Plano Piloto Report as well as in other documents – are contrasted with what is observed in the open public spaces of the “superquadras”. This dissertation deals with the context in which the Southwest Sector was created, the ideas that led to the project and the promises of reproducing the parkcity ideal in the “superquadras”, to finally identify the elements that indicate the abandonment of the modernist landscaping concept meant to be reproduced there.
Description: Dissertação (mestado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2005.
Appears in Collections:FAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6461/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.