Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6239
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EVENTO_PolíticasSociaisEsportivas.pdf135,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Políticas sociais esportivas : uma análise da gestão do Programa Segundo Tempo e alguns de seus reflexos no Distrito Federal
Autor(es): Athayde, Pedro Fernando Avalone
Mascarenhas, Fernando
Assunto: Gestão pública
Esportes
Descentralização administrativa
Controle social
Data de publicação: 2009
Referência: ATHAYDE, Pedro Fernando Avalone; MASCARENHAS, Fernando. Políticas sociais esportivas: uma análise da gestão do Programa Segundo Tempo e alguns de seus reflexos no Distrito Federal. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 16.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 3., 2009, Salvador. Anais... Salvador, 2009. Disponível em: <http://www.rbceonline.org.br/congressos/index.php/CONBRACE/XVI/paper/view/694/782>. Acesso em: 20 dez. 2010.
Resumo: Este artigo investiga a forma de gestão inerente ao Programa Segundo Tempo (PST), no âmbito do Distrito Federal (DF), durante o primeiro mandato do Governo Lula (2003- 2006). A concepção presente no PST aponta para uma gestão pautada na descentralização administrativa, no controle social e na garantia do acesso ao esporte enquanto direito do cidadão. Todavia, as contradições internas do programa, as disputas políticas dentro da coalizão do “governo democrático e popular” e a falta de estrutura adequada engendraram um distanciamento entre a elaboração e a implementação do programa no DF. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This article investigates the way of management of Programa Segundo Tempo PST (Second Half Program), in the scope of Distrito Federal (Federal District), over the first mandate of Lula government (2003-2006). The conception shown in PST puts forward a management guided by the administrative decentralization, in the social control and in the sport access warranted as a citizen right. However, the internal contradictions of the program, political disputes in the coalition of “democratic and popular government” and the lack of adequate structure, had as consequence a gap between conceiving the program and its implementation in the Federal District. __________________________________________________________________________________ RESUMEN
Este trabajo investiga la forma de gestión inherentes a la segunda hora del programa (PST) en el Distrito Federal (DF) durante el primer mandato del Gobierno Lula (2003- 2006). El diseño en este momento a un archivo PST de gestión basado en la descentralización administrativa, el control social y la garantía de acceso al deporte como un derecho del ciudadano. Sin embargo, las contradicciones internas del programa, las controversias políticas dentro de la coalición de "gobierno popular y democrático" y la falta de estructura generado una distancia entre el desarrollo y la aplicación de la DF.
Aparece nas coleções:FEF - Trabalhos apresentados em eventos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons