Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6230
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TabagismoIdososInternados.pdf571,47 kBAdobe PDFView/Open
Title: Tabagismo em idosos internados em instituições de longa permanência
Other Titles: Smoking in elderly patients admitted to long-term care facilities
Authors: Carvalho, Anderson Albuquerque de
Vianna, Lucy Gomes
Loureiro, Altair Macedo Lahud
Assunto:: Tabagismo
Instituição de longa permanência para idosos
Serviços de saúde para idosos
Issue Date: May-2010
Citation: CARVALHO, Anderson Albuquerque de; GOMES, Lucy; LOUREIRO, Altair Macedo Lahud. Tabagismo em idosos internados em instituições de longa permanência. J. bras. pneumol., São Paulo, v.36, n.3, p.339-346, maio/jun. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/jbpneu/v36n3/v36n3a12.pdf>. Acesso em: 15 dez. 2010. doi: 10.1590/S1806-37132010000300012.
Abstract: Objetivo: Determinar a prevalência de tabagismo entre idosos internados em instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) e verificar a associação do grau de dependência nicotínica com variáveis sociodemográficas, vínculo afetivo, motivação para cessação e depressão. Métodos: Estudo transversal de base populacional, incluindo 573 idosos com idade ≥ 60 anos, internados em 13 ILPIs no Distrito Federal. Foram analisadas as seguintes variáveis: tipo de ILPI, gênero, idade, escolaridade, renda mensal, estado civil, condição previdenciária, vínculo afetivo, motivação para a cessação, depressão provável e o grau de dependência nicotínica. Para a obtenção dos dados, foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, Escala de Qualidade de Vida de Flanagan, Miniexame do Estado Mental, Escala de Depressão Geriátrica, teste de Richmond e Teste de Fagerström para Dependência de Nicotina. Resultados: A prevalência geral de fumantes na amostra (573 indivíduos) foi de 23,0%. Dos 132 fumantes, havia 81 homens (24,9%) e 35 mulheres (20,1%). Foram incluídos no estudo 116 fumantes, dos quais 70 (60,3%) apresentavam depressão provável. Houve significativas associações entre o grau de dependência nicotínica e as seguintes variáveis: escolaridade, renda mensal, vínculo afetivo, motivação para a cessação e depressão provável. Não houve associações significativas entre a dependência de nicotina e as seguintes variáveis: tipo de ILPI, gênero, idade, condição previdenciária e estado civil. Conclusões: Nos idosos institucionalizados em ILPIs no Distrito Federal, constatamos uma elevada prevalência de tabagismo, havendo entre eles baixa motivação para a cessação tabágica. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Objective: To determine the prevalence of smoking among elderly patients admitted to long-term care facilities (LTCFs) and to determine whether the degree of nicotine dependence is associated with sociodemographic variables, affective ties, motivation for smoking cessation and depression. Methods: Cross-sectional, population-based study involving 573 individuals over the age of 60, admitted to 13 LTCFs in the Federal District of Brasília, Brazil. We analyzed the following variables: type of LTCF, gender, age, level of education, monthly income, marital status, retirement status, affective ties, probable depression, motivation for smoking cessation and degree of nicotine dependence. In order to collect these data, the following instruments were used: a sociodemographic questionnaire; the Flanagan Quality of Life Scale; the Mini-Mental State Examination; the Geriatric Depression Scale; the Richmond test; and the Fagerström Test for Nicotine Dependence. Results: The prevalence of smokers in the study sample (573 individuals) was 23.0%. Of the 132 smokers, there were 90 males (25.8%) and 42 females (18.7%). Of these, 116 smokers were included in the study, 70 of whom (60.3%) presented with probable depression. The degree of nicotine dependence was found to be significantly associated with level of education, monthly income, affective ties, motivation for smoking cessation and probable depression, although not with the type of LTCF, gender, age, retirement status or marital status. Conclusions: Among elderly patients admitted to LTCFs in the Federal District of Brasília, the prevalence of smoking is high and the motivation for smoking cessation is low.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132010000300012
Appears in Collections:PAD - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6230/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons