Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6222
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PerfilConsumidoresHortaliças.pdf574,32 kBAdobe PDFView/Open
Title: Perfil dos consumidores de hortaliças da cidade de Santo Antônio do Descoberto - GO
Other Titles: Profile of vegetable consumers of Santo Antônio do Descoberto town, Goiás State, Brazil
Authors: Castelo Branco, Marina
Nogueira, Jorge Madeira
Santos, Rodrigo C. dos
Assunto:: Hortaliças - Santo Antônio do Descoberto (GO)
Renda familiar
Consumidores - perfil
Hortaliças - mercado consumidor
Socioeconomia
Issue Date: 2006
Citation: CASTELO BRANCO, Marina; NOGUEIRA, Jorge Madeira; SANTOS, Rodrigo C. dos. Perfil dos consumidores de hortaliças da cidade de Santo Antônio do Descoberto - GO. Horticultura Brasileira, Campinas, v. 24, n. 3, p. 368-372, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/hb/v24n3/20.pdf>. Acesso em: 03 dez. 2010. doi: 10.1590/S0102-05362006000300020.
Abstract: A cidade de Santo Antônio do Descoberto está localizada a 46 km de Brasília e grande parte da sua população vive abaixo da linha de pobreza. Neste trabalho, o perfil e o padrão de consumo de hortaliças na cidade foi avaliado. Setenta e três consumidores freqüentadores do Mercado Municipal e 30 de uma região periférica (Bairro do Queiroz) foram entrevistados para a coleta de informações sobre hortaliças adquiridas no dia, número de indivíduos na família e renda familiar. No Mercado Municipal, 92% das famílias adquiriam hortaliças semanalmente e consumiam os produtos em no máximo três dias. Trinta e cinco por cento das famílias tinham renda que as situava baixo da linha de pobreza. Alface, tomate e batata eram os produtos mais comumente consumidos. Por outro lado, na região periférica, 86% das famílias entrevistadas estavam abaixo da linha de pobreza e apenas 44% delas adquiriam hortaliças semanalmente. Alface e cebola eram os produtos mais consumidos e nenhuma família comprava tomate, provavelmente devido ao preço elevado deste produto. O tipo e freqüência de hortaliças adquiridos são influenciados pela renda familiar, com as famílias mais pobres consumindo menos. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Santo Antônio do Descoberto is located 46 km away from Brasília and the great majority of its population lives under the poverty line. In this work, vegetable consumption and consumers profile of Santo Antônio do Descoberto town were evaluated. Seventy consumers in the Municipal Market and 30 in a peripheral region ('Bairro do Queiroz') were interviewed. Information about vegetables bought in that day, number of people in the family and family income were obtained. The results showed that 92% of the families interviewed at the Municipal Market bought vegetables weekly and consumed them in nearly three days; 35% of the families were under the poverty line. Lettuce, tomato and potato were the most consumed vegetables. On the other hand, in the peripheral region, only 44% of the families bought vegetables weekly; 86% of the families were under the poverty line. Lettuce and onion were the main vegetables consumed in the region. None of the families consumed tomato, probably due to its high cost. The type and frequency of vegetable consumption was influenced by the families' income, where poor families consumed less vegetables.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362006000300020
Appears in Collections:ECO - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6222/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons