Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6090
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_InternetEscolaFundamental.pdf42,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A internet na escola fundamental : sondagem de modos de uso por professores
Outros títulos: The internet in basic education : a survey of its modes of use by teachers
Autor(es): Santos, Gilberto Lacerda
Assunto: Internet na educação
Modalidades de uso
Trabalho docente
Data de publicação: 2003
Referência: SANTOS, Gilberto Lacerda. A internet na escola fundamental: sondagem de modos de uso por professores. Educ. Pesqui. [online], v. 29, n. 2, p. 303-312, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/v29n2/a08v29n2.pdf>. Acesso em: 06 dez. 2010. doi: 10.1590/S1517-97022003000200008.
Resumo: Esta investigação objetiva o esclarecimento de modalidades de uso da internet em situações de ensino fundamental, em escolas das redes pública e particular do Distrito Federal. Trata-se de uma pesquisa que empregou leitura qualitativa de dados quantitativos em que, por meio de questionários, entrevistas e observações diretas, abordamos a atuação de vinte professores para explicitar de que forma os conteúdos disponibilizados por meio da internet estão sendo apreendidos e trabalhados em sala de aula, o tipo de navegação nos hipertextos eletrônicos que tem sido proposto aos alunos e uma tipologia de modalidades de uso da internet na educação. Os dados indicam que há quatro modalidades de navegação (aleatória e linear; orientada e problematizada; por meio de pedagogia de projetos e por meio de abordagens de construção de hipertextos). Indicam também que os professores são capazes de avançar em uma utilização mais interessante da internet como meio de ensino e de aprendizagem e que a escola, com seu ritmo e ritos, constitui uma amarra importante. Sem dúvida, há um clamor geral pela mudança. Se os alunos sentem-se pouco à vontade com a forma e o hermetismo com que as relações educativas vêm sendo conduzidas, o que é traduzido na prática por um desinteresse sistemático pela escola, o mesmo parece acontecer com os professores, sobretudo quando eles são cobrados por gestores, pais, alunos e teóricos da educação para assumirem posturas docentes para as quais eles não foram preparados.
Abstract: The purpose of this investigation is to clarify the modes of use of the Internet in basic education settings at state and private schools of the Federal District. The research made a qualitative reading of the quantitative data obtained from questionnaires, interviews and direct observations. Twenty teachers were studied to reveal the way in which the contents made available through the Internet are being apprehended and used in the classroom, the kind of navigation of hypertexts that are being suggested to students, and a typology of the modalities of use of the Internet in education. Data indicate that there are four modes of navigation: random and linear; oriented and problematized; via the pedagogy of projects; through the hypertext creation approach. Data also point out that teachers are able to move forward to a more interesting use of the Internet as a means of teaching and learning, and that the school – with its rhythm and rites – constitutes a significant hindrance. Surely, there is widespread call for change. If students feel unease about the form and hermetic way in which educational practices have been conducted, which in actuality reveals itself as a systematic lack of interest in school, the same seems to happen to teachers, above all when they are asked by managers, parents, students and education theorists to adopt teaching attitudes they have not been prepared for.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022003000200008
Aparece nas coleções:MTC - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons