Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5853
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Dinamica_Institucional_Uso.pdf229,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A dinâmica institucional de uso comunitário dos produtos nativos do cerrado no município de Japonvar (Minas Gerais)
Outros títulos: The institutional dynamics of the community use of cerrado's native products in the municipality of Japonvar (Minas Gerais state)
Autor(es): Azevedo, Aldemir Inácio de
Martins, Herbert Toledo
Drummond, José Augusto Leitão
Assunto: Institucionalismo
Gestão comunitária
Frutas - Cerrados
Recursos naturais
Cerrados
Data de publicação: 2009
Referência: AZEVEDO, Aldemir Inácio de; MARTINS, Herbert Toledo; DRUMMOND, José Augusto. A dinâmica institucional de uso comunitário dos produtos nativos do cerrado no município de Japonvar (Minas Gerais). Sociedade e Estado, v. 24, n. 1, p. 193-228, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/se/v24n1/a09v24n1.pdf>. Acesso em: 5 nov. 2010. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922009000100009.
Resumo: Este texto estuda um arranjo comunitário que administra o acesso e uso do pequi (Caryocar brasiliense) e outros frutos nativos do cerrado por grupos sociais que combinam agricultura familiar e coleta vegetal. O local do estudo fica em Japonvar, município do norte de Minas Gerais. Fundamenta-se na teoria dos bens e recursos de uso comum de Elinor Ostrom e adota uma perspectiva analítica institucionalista. Identifica e descreve cada componente social que exerce alguma influência sobre a experiência de uso comum do pequi e que configura a moldura institucional do funcionamento deste sistema coletivo.
Abstract: This article examines a social arrangement that allows community access and use of the pequi (Caryocar brasiliense) and other native fruit species of the Brazilian savanna (cerrado) by groups that combine family farming with plant collection. The study is focused on Japonvar, a municipality located in the north of the Brazilian state of Minas Gerais. It is grounded of the theory of common use of goods and resources developed by Elinor Ostrom and adopts an institutionalist perspective. It identifies and describes each social component that exerts influence on the common use experience of the pequi and is an operational part of the institutional framework of this collective system.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922009000100009
Aparece nas coleções:CDS - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons