Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5808
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_TatianaFrancaVasconcelos.pdf303,03 kBAdobe PDFView/Open
Title: Validação e reprodutibilidade de um questionário de freqüência alimentar para adultos, com enfoque em lipídeos, para uso em estudos sobre fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis
Authors: Vasconcelos, Tatiana França de
Orientador(es):: Ito, Marina Kiyomi
Assunto:: Nutrição
Ácidos graxos
Lipídios na nutrição humana
Issue Date: 3-Nov-2010
Citation: VASCONCELOS, Tatiana França de. Validação e reprodutibilidade de um questionário de freqüência alimentar para adultos, com enfoque em lipídeos, para uso em estudos sobre fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis. 2008. 88 f., il. Dissertação (Mestrado em Nutrição Humana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Objetivo: Validar e testar a reprodutibilidade de um questionário de freqüência alimentar (QFA), com enfoque no consumo de lipídios e de ácidos graxos (AG), para uma população adulta do Distrito Federal, e testar a validade do consumo de frutas e hortaliças como instrumento indicador de ingestão nutricional desta população. Método: Foram aplicados quatro recordatórios de 24 horas (R24) e dois QFA, em entrevistas domiciliares. Participaram da pesquisa homens e mulheres com idade igual ou maior que 18 anos e que já tinham respondido ao questionário do projeto piloto do VIVA saúde DF, no qual perguntou-se a freqüência de consumo de frutas e hortaliças. O QFA foi elaborado com base no primeiro R24 e para a validação foram analisadas as seguintes variáveis: energia, carboidrato, proteína, lipídios totais, fibras, colesterol, totais de ácidos graxos saturados, monoinsaturados, poliinsaturados e trans e os AG 12:0, 16:0, 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 20:4n-6, 22:6n-3, 20:5n-3, 16:1t, 18:1t, 18:2t. Resultados: 112 adultos responderam a pelo menos um dos inquéritos alimentares. As médias de ingestão pelo QFA foram superiores que as médias analisadas pelos R24, com significância estatística para energia, carboidrato, proteína, fibra, colesterol, AG 16:0 e AG 16:1t. Em relação à validação, para os 11 AG analisados, 7 apresentaram correlações significativas e os melhores resultados foram para 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 18:1t e 18:2t (r > 0,4). Para a reprodutibilidade, todas as correlações foram significativas para os 17 nutrientes analisados e, destes, 82% apresentaram correlações superiores a 0,4. Para a validação do consumo de frutas e hortaliças como indicador de ingestão nutricional, as melhores correlações foram obtidas entre o somatório do consumo de frutas e hortaliças e a ingestão energética e de lipídio dos R24 (p < 0,01). Estes resultados sugerem que há uma relação entre o maior consumo de frutas e hortaliças e menor ingestão de energia e lipídio. Conclusão: O QFA elaborado apresentou boa validade e reprodutibilidade. Os AG que apresentaram melhor coeficiente de validação foram 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 18:1t e 18:2t. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Objective: To validate and test the reproducibility of a food frequency questionnaire (FFQ), focused on lipids and fatty acids (FA), for an adult population of Distrito Federal, and to test the validity of a fruit and vegetable intake questionnaire as an indicator of nutrient intake of this population. Methods: Four 24-hour dietary recalls (24DR) and two FFQ were applied in a home interview. Subjects of this study were men and women of 18 years of age or older, participants of a pilot study of the VIVA saúde DF project and had answered a questionnaire about fruits and vegetable frequencies of intake. The FFQ were developed based on the first 24DR and following nutrients were the validation variables: energy, carbohydrate, protein, lipids, fiber, cholesterol, saturated FA, monounsaturated FA, polyunsaturated FA, trans FA and the FA 12:0, 16:0, 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 20:4n-6, 22:6n-3, 20:5n-3, 16:1t, 18:1t, 18:2t. Results: 112 adults answered at least one questionnaire. The mean nutrient intake using FFQ were generally higher than those obtained from 24DR, with statistical significance to energy, carbohydrate, protein, fiber, cholesterol, and the FA 16:0 and 16:1t. For the validity analyses, of the eleven FA, seven were significantly correlated and the best results were for the FA 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 18:1t and 18:2t (r > 0.4). For the reproducibility analyses, all seventeen nutrients evaluated were significantly correlated and 82% of them had correlations above 0.4. For the validation of fruit and vegetable consumptions as indicators of nutrient intake, the best correlations were obtained between the sum of fruit and vegetable intake and the energy and lipid ingested in the 24DR (p < 0.01). These results suggest the existence of a negative relationship between energy and lipid consumptions and the intake of fruits and vegetables. Conclusions: The FFQ developed in this study has good validity and reproducibility. The FA with the highest validities were 18:1n-9, 18:2n-6, 18:3n-3, 18:1t, 18:2t.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, 2008.
Appears in Collections:NUT - Mestrado em Nutrição Humana (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5808/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.