Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5772
Title: Caracterização anatômica de Filgueirasia Arenicola (McClure) Guala (Poaceae : Bambusoideae : Arthrostylidiinae)
Authors: Silva Filho, José Paulo Barbosa
Orientador(es):: Ribeiro, Dalva Graciano
Filgueiras, Tarciso de Sousa
Assunto:: Anatomia vegetal
Cerrados
Bambu
Issue Date: Mar-2006
Data de defesa:: Mar-2006
Citation: SILVA FILHO, José Paulo Barbosa. Caracterização anatômica de Filgueirasia Arenicola (McClure) Guala (Poaceae: Bambusoideae: Arthrostylidiinae). 2006. 156 f., il. Dissertação (Mestrado em Botânica)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: O gênero Filgueirasia (McClure) Guala pertencente a subfamília Bambusoideae (Arthrostylidiinae) possui duas espécies, Filgueirasia arenicola (McClure) Guala e Filgueirasia cannavieira (Álvaro da Silveira) Guala, endêmicas do Cerrado brasileiro. O objetivo desse estudo foi caracterizar morfologicamente e anatomicamente os órgãos vegetativos de três indivíduos de Filgueirasia arenicola, sendo dois indivíduos “P” 1 e “P” 2 amostrado na rodovia (BR-364), entre a cidade de Jataí e Mineiros e o terceiro indivíduo “PNE” no Parque Nacional das Emas. Para o estudo morfométrico foram amostradas 17 características com 30 repetições. Para o estudo anatômico utilizaram-se as técnicas usuais em anatomia vegetal, realizando-se secções paradérmicas e macerado da lâmina foliar, além de secções transversais dos órgãos vegetativos. Morfologicamente, os indivíduos do “PNE” apresentaram maior média do que os indivíduos situados em “P” 1 e “P” 2 em 10 dos 17 aspectos analisados, além de diferirem estatisticamente no que se refere à altura total, altura da 1ª ramificação, diâmetro do entrenó abaixo e acima da 1ª ramificação e diâmetro da medula. Na análise de conglomerado, obtiveram-se três conglomerados, sendo que o primeiro contemplou a maior quantidade de observações, onde os caracteres comprimento do entrenó acima e abaixo da 1ª ramificação, diâmetro do entrenó acima e abaixo da 1ª ramificação, diâmetro da inserção do nó, diâmetro do nó acima e abaixo da 1ª ramificação, diâmetro da medula e espessura do córtex representaram 54,44% do total das observações, com isso inferiu-se que essas variáveis são as mais representativas para a espécie nas 3 localidades. Anatomicamente, em secção transversal da lâmina e bainha foliar observou-se espinhos e ganchos em ambas as superfícies, microtricomas na superfície adaxial e células silicificadas quadrangulares e nodulares, além de parênquima raquimorfo. No colmo nota-se células raquimorfas, medula fistulosa, feixes vasculares correspondendo ao tipo I (subtipo Ib) e o floema em um único sentido. Para a raiz destacou-se os pêlos radiculares surgindo em ângulo reto, exoderme unisseriada, cavidade aerífera lisíginas no córtex, endoderme em forma de “U”, periciclo unisseriado e floema totalmente disperso no estelo. No rizoma observou-se tricomas, endoderme, meristema de espessamento primário (MEP), feixes vasculares primários, elementos de floema bem desenvolvidos e em diversas orientações e elementos de vaso do tipo anelar e helicoidal. A espécie F. arenicola apresenta caracteres inéditos para a subfamília Bambusoideae, tais como parênquima raquimorfo e meristema de espessamento primário; foram encontradas características diferentes daquelas já descritas para a espécie, tais como presença de espinhos e ganchos em ambas as superfícies, microtricomas na superfície adaxial e o acréscimo de novos tipos de células silicificadas: quadrangulares e nodulares na lâmina foliar. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The genus Filgueirasia (McClure) Guala belongs to the sub-family Bambusoideae is composed of two species, Filgueirasia arenicola (McClure) Guala, and Filgueirasia cannavieira (Álvaro da Silveira) Guala, which are endemic of Brazilian Cerrado. The objective of this study is to characterize morpho-anatomically the vegetative organs of three populations of F. arenicola, “P1”, “P2”, collected along the highway-364 (BR-364), between the cities of Jataí and Mineiros, and the PNE was collected in the Parque Nacional das Emas. For the morphometric study 17 characteristics were analyzed from 30 colleted samples. The samples were processed for anatomical analysis according to the usual microtechniques, and sectioned in several planes. The morphometric measurements of the PNE samples (10 out pf 17 parameters) were higher than those from P1 and P2. Furthermore, PNE individuals were significantly taller, as well as larger 1st branches, diameter of the internodes, and diameter of the pith. The cluster analysis grouped the parameters in three clusters. The first had the largest number of observations comprising the characters above and below the first branch, length of the internode above and below the first branch, diameter of the internode above and below the first branch, diameter of insertion of the node, diameter of the node above and below the first branch, diameter of the pith and thickness of the cortex comprised the major part of the measurements (49) and represented 54.44 % of the total observations. In transverse section, the most important anatomical characters of the leaf blade and sheath can be summarized as following: prickles and hooks in both epidermis, micro-trichomes on the adaxial face, nodular square silica cells and parenchyma rachymorphous. The culm was characterized by the presence of rachymorphous cells, hollow pith, inner vascular type, type I vascular bundles (sub-type Ib) and one-directional phloem. The root had root-hairs in right angle to the epidermis, exodermis, triangular intercellular space, lysigenous air cavities in the cortex, endodermis with U-shaped thickness, uniseriate pericycle, and phloem dispersed in the stele. The rhizome had trichomes, parenchymatous cortex, and endodermis. The rhizome stele was composed of a primary thickening meristem (PTM) formed by the pericycle, pericycle fibers, randomly arrangement primary vascular bundles of variable shape, well developed phloem elements in several orientations, parenchyma, and anular and helicoidal vessel elements. Hence, F. Arenicola has unique features that are not found in the subfamily Bambusoideae such as parenchyma rachymorphous and primary thickening meristem. Additionally, prickles and hooks in both leaf surface, microtrichomes in the adaxial epidermis and new types of siliceous cells (square and nodular) in the leaf blade had not yet been described for this the species.
Description: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, 2006.
Appears in Collections:BOT - Mestrado em Botânica (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_JoséPauloBSFilho.pdf7.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.