Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5576
Title: Diversidade genética e reação de Passiflora spp. a Meloidogyne incognita e a Meloidogyne javanica
Other Titles: Genetic diversity and reaction of Passiflora Spp. to M. Incognita and M. Javanica
Authors: Paula, Mariana da Silva
Orientador(es):: Peixoto, José Ricardo
Assunto:: Maracujá
Genética
Fitopatologia
Issue Date: 17-Apr-2006
Data de defesa:: 17-Apr-2006
Citation: PAULA, Mariana da Silva. Diversidade genética e reação de Passiflora spp. a Meloidogyne incognita e a Meloidogyne javanica. 2006. 121 f., il. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: Considerando os problemas sanitários devido aos patógenos de solo que atacam a cultura do maracujazeiro, o presente estudo objetivou a avaliação da reação de quatro progênies de maracujazeiro azedo (Passiflora edulis f. flavicarpa; Gigante amarelo, Yellow master, MAR- 12 e RC-3); um acesso de maracujazeiro doce (Passiflora alata); nove espécies silvestres de Passiflora (P. amethystina, P. setacea, P. nitida, P. serratodigitata, P. caerulea, P. gibertii, P. odontophylla, P.coccinea e P. edulis edulis nativo) e de um híbrido interespecífico (P. coccinea X P. setacea) a duas espécies de Meloidogyne (M. incognita e M. javanica). Foram conduzidos dois experimentos em blocos ao acaso, sob o arranjo de parcela subdividida. Mudas com 90 dias, obtidas a partir de sementes e de estacas, foram inoculadas com suspensão de 5000 ovos das duas espécies de nematóides. Noventa dias após a inoculação foram avaliados o número de galhas por planta, o número de massa de ovos por galha, a população final e o fator de reprodução dos nematóides. Também foi avaliado o desenvolvimento vegetativo da planta (comprimento de planta, peso de matéria fresca e seca da parte aérea e peso fresco de raiz). Verificou-se que em geral o nematóide de galhas afetou significativamente o desenvolvimento vegetativo das diferentes espécies de maracujazeiro, principalmente M. incognita, que apresentou maior taxa de multiplicação, e, em geral, reduziu mais o crescimento vegetativo das plantas. Tomando como base o fator de reprodução para classificação do nível de resistência dos genótipos de Passiflora ao nematóide de galhas, verificou-se que as espécies comerciais (progênies de P.edulis f flavicarpa e P.alata), P. setacea, P. odontophylla, P. edulis nativo e o híbrido P. coccinea X P. setacea se comportaram como resistentes a M. incognita, enquanto que todos os genótipos estudados apresentaram-se como resistentes a M. javanica. Outro objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade genética em espécies de Passiflora, em dois experimentos baseados na utilização de marcadores moleculares RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA) e marcadores do tipo RGAs (Resistance Genes Analogs). Para ambos os experimentos foi utilizada a amplificação via PCR, sendo que para o primeiro experimento (RAPD) utilizou-se oito primers, os quais geraram 194 amplicons, todos polimórficos. Para o segundo experimento (RGAs), verificou-se, a partir da utilização de seis combinações de primers do tipo RGAs, a formação de 99 amplicons, sendo três monomórficos. Portanto, foram detectadas fontes de marcadores moleculares to tipo RAPD e RGAs entre genótipos de Passiflora com potencial de uso em programas de melhoramento visando resistência a doenças. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Considering that growing passion fruit has faced problems due to soil pathogens, responsible for significative losses, one objective of this study was to evaluate the reaction of four progenies of sour passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa), one of sweet passion fruit (Passiflora alata), nine wild species of Passiflora (P. amethystina, P. setacea, P. nitida, P. serratodigitata, P. caerulea, P. gibertii, P. odontophylla, P.coccinea and a native genotype of P. edulis edulis ) and one interspecific hybrid (P. coccinea X P. stacea) in relation to Meloidogyne incognita and to Meloidogyne javanica). Two experiments were conducted under an experimental randomized design with split-plot arrangement. Seedlings with 90 days obtained from seeds or cuttings were inoculated and evaluated 90 days after inoculation, taking in account vegetative parameters of plant development, root galling and nematode reproduction. In general, there was significant influence on vegetative development of the different genotypes, mainly due to M. incognita, that showed the highest multiplication ratios and contributed to poor growth of inoculated pants. Taking the reproduction factor as a measure to classify levels of plant resistance P. amethystina, P. coccinea, P. serratodigitata, P. nitida, P. caerulea and P. gibertii were susceptible to M.incognita and all the species studied were resistant to M. javanica. Another objective of this work was to evaluate the genetic diversity of Passiflora spp., both based on the use of molecular markers RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA) and RGAs (“resistance genes analogs”). Two experiments were planned by using PCR amplification. For the first one (RAPD), eight primers were used to obtain 194 amplicons, all of them were polymorphic. In the second experiment, six primer combinations with RGAs as molecular markers, resulted in the formation of 99 amplicons. Nine-six of them were polymorphic, while three were monomorphic. Therefore, sources of RAPD and RGAs molecular markers were detected among Passiflora genotypes, with potential application in breeding programs towards resistance to plant diseases.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Fitopatologia, 2006.
Appears in Collections:FIT - Mestrado em Fitopatologia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_Mariana da Silva Paula.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.