Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5330
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_PedroNeryFerreiraJunior.pdf979,5 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da pressão arterial sistêmica utilizando monitorização ambulatorial da pressão arterial em portadores de despertar relacionado a esforço respiratório : avaliação da utilização da pressão positiva contínua em vias aéreas em hipertensos
Authors: Ferreira Junior, Pedro Nery
Orientador(es):: Tavares, Paulo
Assunto:: Distúrbios respiratórios do sono
Hipertensão
Síndrome das apnéias do sono
Issue Date: 2008
Citation: FERREIRA JUNIOR, Pedro Nery. Avaliação da pressão arterial sistêmica utilizando monitorização ambulatorial da pressão arterial em portadores de despertar relacionado a esforço respiratório : avaliação da utilização da pressão positiva contínua em vias aéreas em hipertensos. 2008. 120 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Introdução: O despertar relacionado a esforço respiratório (RERAs) é uma nova entidade clínica com relato de inúmeras co-morbidades associadas. Existem poucos estudos de prevalência de hipertensão arterial sistêmica (HAS) nos portadores do quadro. A monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) é uma importante ferramenta diagnóstica e de tratamento da HAS, proporcionando avaliação em vigília e sono. A pressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) é a principal modalidade de tratamento dos distúrbios respiratórios do sono (DRS). Objetivos: Avaliar a pressão arterial com medidas de consultório e da MAPA, em portadores de RERAs nas 24 horas correlacionando variáveis da MAPA com a escala de sonolência de Epworth (ESE), fragmentação do sono e perfil lipídico, e ainda, comparar variáveis da MAPA pré e pós-tratamento com CPAP. Material e Métodos: Vinte e um pacientes portadores de RERAs foram submetidos à avaliação de níveis tensionais com medidas de consultório e através da MAPA. Realizados ainda exames cardiovasculares e laboratoriais. Em sete (33%) hipertensos foi instituído tratamento com CPAP nasal (auto-CPAP) por três noites (curta duração). Resultados: Detectado HAS em doze indivíduos (57%), sendo relevante a presença de hipertensão mascarada em oito (38%). Não houve correlação entre as variáveis da MAPA e a ESE, fragmentação do sono e perfil lipídico. A utilização do CPAP em sete hipertensos reduziu significativamente (p<0,05) seis variáveis da MAPA: pressão arterial sistólica (PAS) de 24 h (135,85 vs 131,42 mmHg), pressão arterial diastólica (PAD) de 24 h (81,71 vs 78,85 mmHg), pressão arterial média (PAM) de 24 h (99,57 vs 96,85 mmHg), PAS do sono (126,14 vs 119,00 mmHg), PAM do sono (89 vs 83,85 mmHg) e carga pressórica sistólica do sono (64,14 vs 46,57). Conclusão: Portadores de RERAs apresentam prevalência elevada de HAS. O tratamento com CPAP de curta duração é efetivo para diminuição da pressão arterial avaliada através da MAPA. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: Respiratory effort-related arousals (RERAs) is a new clinical syndrome related with various comorbidities. There are few studies of prevalence of systemic arterial hypertension (SAH) in patients with RERAs. The ambulatory blood pressure monitoring evaluation (ABPM) is an important tool to diagnose and tratament of SAH, and can be used during sleep and wake. Continuous positive airway pressure (CPAP) is the main treatment of respiratory sleep disorder (RSD). Objectives: To evaluate the arterial pressure using ambulatory measurements and ABPM in patients with RERAs during 24 hours and doing a correlation between ABPM parameters and the Epworth Sleepiness Scale (ESS), sleep fragmentation and lipid profile and to compare the ABPM parameters before and after treatment with CPAP. Material and Methods: Twenty one patients with RERAs were submitted to evaluation of blood pressure levels with ambulatory measurement and ABPM. They were evaluated with cardiovascular and laboratorial tests. Seven (33%) patients with hypertension used nasal CPAP (auto-CPAP) for three nights (short term). Results: It was detected SAH in twelve patients (57%), being relevant the masked hypertension in eight patients (38%). There was no correlation between the ABPM and ESS, sleep fragmentation and lipid profile. The utilization of CPAP in seven patients with hypertension had, significantly (p<0.05), lowered the 24 hours systolic blood pressure (SBP) (135,85 vs 131,42 mmHg), 24 hours diastolic blood pressure (DBP) (81,71 vs 78,85 mmHg), 24 hours mean blood pressure (MBP) (99,57 vs 96,85 mmHg), sleeping SBP (89 vs 83,85 mmHg), sleeping MBP and sleeping systolic pressure load (64,14 vs 46,57). Conclusion: Patients with RERAs had an increased prevalence of SAH. The treatment with short term CPAP is effective to reduce pressure parameters evaluated on AMBP.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2008.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5330/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.