Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5275
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_LuizCarlosMdosReis.pdf941,69 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Deslocamentos e temporalidades : o contato possível em Samuel Rawet
Autor(es): Reis, Luiz Carlos Menezes dos
Orientador(es): Pires, Maria Isabel Edom
Assunto: Rawet, Samuel, 1929-1984
Escritoras
Literatura brasileira - história e crítica
Estruturalismo (Análise literária)
Data de publicação: 18-Jul-2010
Referência: REIS, Luiz Carlos Menezes dos. Deslocamentos e temporalidades: o contato possível em Samuel Rawet. 2009. 193 f. Tese (Doutorado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: Esta tese investiga o contato possível com o outro na obra de Samuel Rawet. Para tal, realiza a leitura de oito contos a partir dos quais analisa a trajetória dos personagens no espaço e no tempo. Os conceitos de temporalidade em Heidegger e de nomadismo em Deleuze e Guattari são mobilizados no intuito de compreender a possibilidade de comunicação autêntica entre os seres rawetianos. A incomunicabilidade entre eles, argumento normalmente defendido pela critica à obra do escritor, pôde ser reavaliada nesta pesquisa. O narrador que apresenta estes personagens é apresentado e analisado juntamente com o acontecimento, visto aqui no momento pretérito, como aquele que influencia a temporalidade dos personagens no presente. Abre-se na tese o espaço de uma aproximação ao outro que quebra o isolamento. A tese conclui com a possibilidade de um contato autêntico entre os personagens por meio do compartilhamento de uma linguagem que rejeita o lugar comum e se realiza plenamente numa comunicação sem palavras. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work explores the possibility of the contact with the other in the work of Samuel Rawet. Beginning with a reading of the short stories, we want to analyze the temporality and the space of the characters. In contact with ideas like the nomads of Deleuze and Guattari, and the temporality of Heidegger, we want to characterize this contact with the other as a moment of closeness that reveals a true communication. In this way the isolation of the characters is reevaluated in the moment when we characterize a communication without words.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2009.
Aparece nas coleções:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.