Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/5143
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_MarceloRebelloPinheiro.pdf667,78 kBAdobe PDFView/Open
Title: A eficácia e a efetividade dos direitos sociais de caráter prestacional : em busca da superação dos obstáculos
Authors: Pinheiro, Marcelo Rebello
Orientador(es):: Mendes, Gilmar Ferreira
Assunto:: Legislação social
Direitos humanos
Issue Date: 2008
Citation: PINHEIRO, Marcelo Rebello. A eficácia e a efetividade dos direitos sociais de caráter prestaciona: em busca da superação dos obstáculos. 2008. 195 f. Dissertação (Mestrado em Direito)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: O presente trabalho examina os principais obstáculos erigidos à eficácia e à efetividade dos direitos sociais de cunho prestacional, com destaque especial para os seguintes: o conteúdo aberto e indeterminado dos preceitos constitucionais que prevêem direitos sociais; a cláusula da reserva do financeiramente possível e a falta de legitimidade democrática dos juízes. Defende-se que as normas que consagram os direitos sociais devem ser compreendidas como princípios, os quais devem ser realizados na maior medida possível dentro das limitações jurídicas e fáticas do caso concreto. Sustenta-se, ainda, que a alegação estatal de escassez de recursos públicos deve ser rigorosamente apurada pelo magistrado, de modo que possa distinguir a natureza da escassez, a qual poderá ser absoluta ou relativa. Por derradeiro, admite-se que a intervenção do Poder Judiciário deve ser a mínima necessária e desde que comprovado – por dados da realidade (reserva de consistência) – que os poderes políticos se omitiram ou falharam na implementação dos direitos sociais. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present paper examines the main hindrances for the efficacy and effectiveness of social rights, focusing mainly on the following: the open and indeterminate content of constitutional precepts that foresee social rights; the clause related to reservation of what is financially possible and the lack of democratic legimitacy of judges. It is defended that the norms that consecrate the social rights should be understood as principles that should be executed within the juridical and factual limits of the concrete case. It is also said that the state allegation of public resources scarcity should be rigorously checked by the magistrate, in order to distinguish the nature of such scarcity, which may be absolute or relative. Lastly, it is admitted that the intervention of the Judiciary Power should be the minimum necessary, and proved – by data from reality (consistency reserve) – that the political powers have omitted themselves or have failed on the implementation of social rights.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, 2008.
Appears in Collections:FD - Mestrado em Direito (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5143/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.