Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/4991
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_TonyMarceloGomesdeOliveira.pdf43,47 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A erradicação da Vila IAPI : marcas do processo de formação do espaço urbano de Brasília
Autor(es): Oliveira, Tony Marcelo Gomes de
Orientador(es): Peluso, Marília Luiza
Assunto: Política habitacional
Crescimento urbano
Espaços urbanos
Brasília (DF)
Data de publicação: 15-Ago-2007
Data de defesa: 15-Ago-2007
Referência: OLIVEIRA, Tony Marcelo Gomes de. A erradicação da Vila IAPI: marcas do processo de formação do espaço urbano de Brasília. 2007. 136 f. : il. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: A Erradicação da Vila IAPI: Marcas do Processo de Formação do Espaço Urbano de Brasília nos fornece uma relevante contribuição para a compreensão da dinâmica urbana e territorial da capital Federal. A pesquisa identifica marcas, rastros e sinais na historiografia da cidade através do recorte espacial definido como Vila IAPI. Possibilita perceber nela, embates entre o planejamento racionalista/funcionalista - fruto do advento da modernidade e as práticas sociais do cotidiano. Nesta contextualização, busca-se avaliar e interpretar as conseqüências da ação governamental de erradicar favelas na década de 70 em Brasília, tendo a Vila IAPI como referencial empírico e a sua articulação direta com os ditames tecnicistas induzido pelo planejamento da cidade e também, com a qualidade de vida de seus habitantes. Assim, o trabalho proposto se apresenta com o intuito de contribuir, por meio do resgate de um importante fato histórico de Brasília, para melhor compreensão do processo de formação do espaço urbano da capital do país. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The eradication of VILA IAPI Process Marks of Urban Space in Brasilia – capital of Brazil- provides us a relevant contribution to the understanding of the urban and territorial dynamic of the capital. The research identifies marks, tracks and signs in the historiography of the city through the spatial cut defined as VILA IAPI. It makes possible to perceive the oppositions between rationalist and functionalist planning fruit of the modernity advent and the current social practices. In this context, it aims to evaluate and to interpret the consequences of the governmental action to eradicate the shanty towns in Brasilia in the 1970’s, having the VILA IAPI as an empiric referential and its direct articulation with the technical commands induced by the city planning, interfering directly in its inhabitants life quality.Thus, the proposed work presents with the aim to contribute by means of recovering an important historical fact in Brasilia, for a better understanding of the ground process of the urban space in Brasilia.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2007. (Texto parcialmente autorizado pelo autor - Pré-textuais)
Licença: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.